Postagens

DESTAQUE

ANTÔNIO CAMPOS VÊ O DEDO DO PALÁCIO EM INDICIAMENTO DE MARÍLIA E NA EXPULSÃO DE LOSSIO PELA REDE

Imagem
Em nota divulgada ontem, o advogado e candidato a deputado estadual pelo Podemos, Antônio Campos e que também é irmão do ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo durante a campanha presidencial de 2014, identificou o que chamou de "um verdadeiro atentado à democracia para tentar salvar a eleição de Paulo Câmara" no indiciamento a quinze dias das eleições da vereadora Marília Arraes, candidata do PT ao cargo de Deputada Federal.
Para Antônio Campos, o indiciamento  às vésperas das eleições é "uma forma de intimidar uma jovem liderança, que renova a política e que aprendeu com Arraes o respeito aos princípios democráticos."
O irmão de Eduardo Campos, que também é primo de Marília, mas faz oposição ferrenha ao governador Paulo Câmara e a Geraldo Julio, ambos do PSB, também considera que o "ajuizamento de 22 representações por parte da coligação do governador Paulo Câmara perante o TRE, que se prosperar tenta tomar todo o tempo da propaganda eleitora…

JULIO LOSSIO DIVULGA NOTA SOBRE EXPULSÃO DA REDE POR INFIDELIDADE E REAFIRMA CONTINUIDADE DA CAMPANHA AO GOVERNO DE PERNAMBUCO

Imagem
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Apesar de ainda não ter sido notificado da decisão, em relação à publicação feita no site da REDE Sustentabilidade, venho esclarecer: 
A legislação garante que um filiado a partido político somente pode ser expulso por processo disciplinar em que sejam garantidos o contraditório, a ampla defesa e o devido processo legal.
Contudo, numa manifestação opressiva e antidemocrática, a REDE decidiu pela minha expulsão sumária, sem nenhum respeito a essas sagradas garantias constitucionais.
A CAMPANHA SEGUIRÁ NORMALMENTE até a decisão da Justiça Eleitoral, quem efetivamente tem competência para dar a palavra final sobre o tema e deliberar sobre eventual pedido de cancelamento de registro de candidatura.
Confio no Poder Judiciário e tenho convicção de que esse ato arbitrário será revisto pelo Egrégio Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.
Os partidos políticos não podem pregar a democracia da “porta pra fora” e funcionar com uma ditadura da “porta pra dentro”. A democracia…

"Fantasmas" de Geraldo Júlio investigados por peculato pelo MPPE. Prefeito se safa, por enquanto.

Imagem
O Blog da Noelia Brito obteve, por meio da Lei de Acesso à Informação, documentos que fazem parte de investigação instaurada no âmbito do Ministério Público de Pernambuco, a pedido do Ministério Público de Contas, para que fosse apurado eventual Crime de Responsabilidade do Prefeito do Recife, Geraldo Júlio e de peculato de servidores comissionados lotados no Gabinete de Representação da Prefeitura do Recife, em Brasília em razão destes servidores terem se beneficiado, segundo apurou o TCE/PE, de "remuneração sem a correspondente contraprestação do trabalho, causando prejuízo ao erário municipal no montante de R$ 65.547,46".
SAIBA MAIS
TCE VAI INVESTIGAR DENÚNCIAS DE NOMEAÇÕES E CONTRATAÇÕES ELEITOREIRAS POR GESTÃO GERALDO JÚLIO
TCE: Funcionários "fantasmas" foram empregados na Prefeitura do Recife em troca de apoio político à reeleição de Geraldo Júlio. MPPE investiga outros casosm-empregados-na-pcr-em-troca-de-apoio-politico-reeleicao-geraldo-julio-mppe-investiga-ou…

MPPE e Polícia Civil detalham Operação que afastou presidente da Câmara do Cabo e mais quatro vereadores

Imagem
Em entrevista coletiva realizada na tarde de ontem (20), na sede da Delegacia de Policia de Combate aos Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos - DECASP, o Ministério Público de Pernambuco, com atuação no Cabo de Santo Agostinho e a Polícia Civil, responsáveis pela deflagração da Operação "Ghost", que investiga a prática do delito de peculato por vereadores e servidores comissionados da Câmara do Vereadores do Cabo de Santo Agostinho divulgaram detalhes da Operação que resultou no afastamento preventivo por tempo indeterminado dos parlamentares e dos servidores de suas funções, por determinação da 1ª Vara Criminal daquela Comarca (Assista a entrevista completa em https://www.facebook.com/noeliabritoblog/videos/2054973761193451/).
Mário Anderson da Silva Barreto (PSB), o Anderson Bocão, Gessé Valério de Oliveira (PR), Amaro Honorato da Silva (PRP), o Amaro do Sindicato, Neemias José Silva (PV) e Ezequiel Manoel dos Santos (PT) e mais seis assessores tiveram gabinetes…

Datafolha: Paulo com 35% e Armando com 31% empatados tecnicamente em Pernambuco!

Imagem
Pesquisa DataFolha divulgada à à 00 hs de hoje (19), aponta um crescimento de seis pontos percentuais para Armando Monteiro que chega aos 31% empatando tecnicamente com Paulo Câmara que aparece com 35% na disputa para o Governo de Pernambuco. A margem de erro é de 3%.
Juntos, os demais candidatos não ultrapassam os 3%. A pesquisa foi contratada pela Rede Globo juntamente com a Folha de São Paulo. (Saiba mais em Câmara tem 35% e Monteiro está com 31% em PE, segundo Datafolha)

Vereador Ezequiel Santos envia nota ao Blog sobre Operação Ghost

Imagem
|| NOTA OFICIAL ||
Na manhã desta quarta-feira(19/09), fui surpreendido com uma intimação da Polícia Civil de nosso estado, referente a operação "Ghost", que investiga a existência de supostos funcionários fantasmas na Câmara Municipal do Cabo de Santo Agostinho. Além de mim, os vereadores: Mário Anderson Bocão, Neemias, Amaro do Sindicato e Gessé Valério também foram intimados.
Fui convidado a depor referente a situação do meu assessor Rafael Faustino Ferreira, por acusação de não ter dado nenhum dia de expediente nos últimos vinte meses. Fato este que surpreendeu a mim, a minha equipe e a todos que acompanham nosso mandato. Rafael contribui diariamente, sendo fundamental na construção do nosso mandato, exercendo tanto atividades administrativas, como atividades de visitas em órgãos públicos municipais cumprindo sua prerrogativa de fiscalizador.
Meu trabalho, dentro da Câmara Municipal, passa pela garantia de um bom funcionamento da Casa Legislativa, além de propocionar autono…

Operação Ghost: Saiba quem são os vereadores investigados

Imagem
São investigados pela Operação Ghost os seguintes parlamentares: Mário Anderson da Silva Barreto (PSB), também chamado de Anderson Bocão, Gessé Valério de Oliveira (PR), Amaro Honorato da Silva (PRP), conhecido como Amaro do Sindicato, Neemias José Silva (PV) e Ezequiel Manoel dos Santos (PT).
Anderson Bocão é o presidente do Legislativo municipal. Ezequiel exerce a função de primeiro vice-presidente da Câmara e Amaro ocupa o cargo de 1º secretário.
A ação foi desencadeada para combater crimes de associação criminosa e peculato, quando servidores públicos usam o cargo para obter vantagens. Segundo a polícia, esta é a primeira fase da investigação, que busca coletar provas para embasar o inquérito. Não houve prisões.
De acordo com a corporação, os mandados foram expedidos pela Comarca do Cabo. As investigações começaram em março de 2017.
A Ghost é a 48ª operação de repressão qualificada deflagrada este ano, em Pernambuco. A equipe, coordenada pela delegada Patrícia Domingos, conta com a pa…