Notícias




sábado, 24 de dezembro de 2011

Um Natal para não ser esquecido

O povo do Recife recebeu um presente nesse Natal e um presente que não deve ser desprezado.

Falo desse episódio do escandaloso pagamento de auxílio-moradia a ex-deputados estaduais residentes e com base eleitoral na própria cidade sede da Assembleia Legislativa, ou seja, no Recife.  Só para resumir essa espécie de ópera bufa, o que ocorreu foi que a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco, presidida por um cidadão que vem se perpetuando no posto, por mudanças regimentais nada republicanas e com o indevido apoio do governador do Estado, resolveu conceder, às nossas custas, um mimo milionário a várias autoridades que se tinham alguma autoridade moral, agora as colocaram definitivamente na berlinda.
O mimo recebeu o nome de auxílio-moradia, que, por princípio, só poderia ser pago a quem exerce suas funções longe de seu domicílio de origem. No caso do “pantomimo” pernambucano, os maiores e principais beneficiários são ex-deputados residentes no Recife. Não bastasse isso para caracterizar a imoralidade do pagamento, um novo ingrediente se incorpora de maneira a assombrar até mesmo o deputado Justo Veríssimo, aquele mesmo, tão bem interpretado por Chico Anysio, o que odeia povo e que quer mais é que ele, o povo, se exploda. É que os pagamentos foram feitos quando já prescritos, ou seja, se os ex-deputados beneficiários fossem requerer na justiça, não receberiam, mesmo que tivessem direito, o que já se demonstrou que não têm e é por isso que foi feito esse arrumadão de carne de urubu estragada para garantir-lhes o pagamento.
Pois bem. Ao mesmo tempo em que o Blog Acerto de Contas trazia à tona essa despudorância (expressão minha) da nossa deputância (expressão do Acerto), 280 famílias de seis comunidades da Região Metropolitana do Recife ocuparam a entrada do Bompreço, localizado dentro do Shopping Recife. Pediam cestas básicas.

A farra promovida pela Mesa Diretora da Assembleia de Pernambuco, em benefício de 50 ex-deputados, entre eles o ex-prefeito João Paulo (PT), do Recife, a ex-prefeita Luciana Santos (PC do B), de Olinda, o prefeito de Jaboatão, Elias Gomes (PSDB), o senador Humberto Costa (PT), o presidente do PT de Pernambuco, deputado Pedro Eugênio, os deputados Mendonça Filho (DEM) e Cadoca (PSC), a presidente do TCE/PE, Teresa Duere, custará ao povo do Recife aproximadamente R$ 20 milhões, esse mesmo povo que está mendigando cestas básicas nas portas dos supermercados e que, nos últimos 10 anos, teve aumentada sua condição de favelização em mais de 150%, segundo dados do IBGE, divulgados nesta semana.

O presente que o Natal nos traz, portanto, vem em forma de alerta e de reflexão. São essas pessoas, que independentemente de sua coloração partidária, irmanaram-se e irmanam-se nas velhas e abjetas práticas tão nefastas à vida do povo e à democracia, que queremos que continuem a governar nossos destinos?

Que os episódios que povoaram este Natal não sejam esquecidos e que permaneçam na mente de nosso povo por todo o ano de 2012, em especial no dia 7 de outubro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.