Notícias




domingo, 10 de junho de 2012

PARA CONSTRUIR O PARTIDO DE MARINA SILVA, EDILSON SILVA E SEU AJUNTAMENTO NÃO TITUBEIAM EM DESTRUIR O QUE VEEM PELA FRENTE, INCLUSIVE A HONRA DAS PESSOAS DE BEM...

Apenas um dia após o lançamento da pré-candidatura do PSOL à Prefeitura do Recife, quando meu nome foi posto como pré-candidata oficial do Partido, o presidente do PSOL Recife, Pastor Esdras Peixoto, da Assembleia de Deus, a mesma de Marina Silva, revela a tramoia que está sendo urdida pelo grupo comandado por Edilson Silva, para parasitar o PSOL, eleger vereadores e projetar nomes para que migrem, em seguida, para o Partido a ser fundado por Marina Silva. Por não concordar com as deslealdades desse grupelho de oportunistas, tive minha pré-candidatura ameaçada, a ponto de ser retirada por um golpe biltre desse grupo e ainda venho sofrendo sucessivos ataques à minha honra, com exposições sobre minha sexualidade,  inclusive em plenárias do Partido, em Pernambuco, que levarei ao conhecimento das entidades defensoras dos direitos humanos, inclusive, as internacionais, já que tais ataques são feitos por dirigentes do PSOL, nessa condição e este Partido, apesar de todos os ataques serem de seu conhecimento e testemunhados por dirigentes nacionais da legenda, como Francisvaldo Mendes e Mário Agra, até agora não tomou as devidas providências para punir e inibir essas práticas de desrespeito aos direitos humanos, apesar de já haver, inclusive, nota de repúdio a tais ataques, expedido pelo Setorial de Mulheres do PSOL. Esses ataques à honra das pessoas que se opõem a Edilson Silva e seu grupo são corriqueiras em nosso Estado e não sou a única vítima, mas prometo as demais vítimas desse ajuntamento, que serei a última:
"...a dirigente Fabiana Honório questionou o presidente do PSOL em Recife sobre as declarações dadas por Edilson Silva e Heloísa Helena e as respostas não poderiam ser mais claras. Vejamos:




Observe o conteúdo das declarações de Esdras Peixoto – Presidente do PSOL em Recife:
Fabiana Honório - “O q vc achou da defesa veemente da Marina, ontem? Necessária?
Esdras Peixoto – “Sim, HH sabe que precisamos formar uma força política mais ampla
Fabiana Honório – “o q vc acha de Marina? Confiável?”
Esdras Peixoto – “(...) Precisamos muito dela para eleição dos nossos candidatos no Brasil!!
Fabiana Honório – “vc acha que a tendência é uma saída em bloco, do Psol? tenho que me preparar, rs”
Esdras Peixoto – “Se HH for com Marina Edilson irá. Não vai haver muita coisa pra gente no PSOL.
Mas eu acho que a onda de novo partido está de volta...
Já já tu farás a mala...
Fabiana Honório – “vc acha que o novo partido sai logo ou estão sem condições, ainda?”
Esdras Peixoto – “2013. Vamos atrás de assinaturas no pleito desse ano.”
“(...) Marina não cabe no Psol nem no PPS, nem em outra legenda que exita aí, seja de direita ou de esquerda”
“(...)A NOVA POLÍTICA será de centro-esquerda.(...)”
                              Observe-se a empolgação do dirigente do PSOL José Gomes com a retomada da construção orgânica do novo partido já confirmando presença em reunião agendada para 25 de abril de 2012 no novapolitica.com.br/group/pernambuco:






 
"Setorial Nacional de Mulheres do PSOL
Nota sobre eleições 2012 e as candidaturas de mulheres
(...)
Gostaríamos de fazer uma referência e uma homenagem às poucas pré-candidatas a prefeita pelo PSOL que se lançaram até agora. Trata-se das companheiras Noélia Brito e Maria da Consolação Rocha, ambas pré-candidatas à prefeitura de Recife e Belo Horizonte, respectivamente. Ambas já tiveram suas pré-candidaturas lançadas, inclusive com a participação de figuras públicas do partido, como é o caso de Heloísa Helena que participou do lançamento em Recife. Estas duas companheiras, e todas as que venham a se candidatar, terão toda a contribuição do setorial nacional de mulheres do PSOL para assessorar as questões referentes à pauta feminista e às várias lutas das mulheres.
Por último, manifestamos toda a nossa solidariedade à companheira Noélia Brito diante da conduta arbitrária da direção do PSOL em Recife, que pretende ceifar sua pré-candidatura após esta já ter sido lançada, constando nas pesquisas locais com um percentual mais alto do que o que seria uma pré-candidatura do PSTU. Alguns relatos dão conta que dirigentes estaduais do PSOL- PE vêm constrangendo e intimidando Noélia para que ela renuncie ao pleito, inclusive querendo expor publicamente questões de sua vida pessoal. Essa é uma prática machista das piores, com as quais as mulheres costumam deparar-se quando adentram na política. Das mulheres, sempre é exigido que preste contas de sua vida pessoal e sexual, que digam se são casadas e boas “mães de família”, que se portem com uma conduta moralmente aceita para uma “mulher de bem”. Nunca é exigido dos homens semelhante conduta. Repudiamos a reprodução de tais práticas no interior do partido e, mais do que isso, repudiamos qualquer ataque moral ou retaliação contra as mulheres que se negam a se enquadrar nessa lógica perversa que as persegue quando decidem tornar-se figura pública. Ninguém está obrigada a expor sua intimidade ou subjetividade durante a campanha eleitoral. O que irá nortear nossa atuação eleitoral é o programa que será construído a muitas mãos e que terá nossas candidaturas majoritárias e proporcionais como porta-vozes. Que prevaleçam o debate político e os métodos democráticos para a escolha das melhores candidaturas para partido, e não a coerção e a reprodução do machismo.
17 de maio de 2012.
Coletivo Nacional de Mulheres do PSOL."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.