Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Multidão "invade" Shopping RioMar no dia de sua inauguração

Imagem
"Muito embora o bom senso afirme que compramos coisas porque vamos adorar possui-las e usá-las, pesquisas mostram que os prazeres da aquisição são, na melhor das hipóteses, de curto tempo. Então, por que insistimos na rotina consumista - trabalhar, comprar, almejar?

A biologia nos oferece uma resposta: os seres humanos evoluiram em pequenos grupos sociais em que a imagem e o status têm importância primordial, não somente para a sobrevivência, mas também para atrair parceiros,impressionar amigos e criar filhos. Hoje, em dia, ornamentamo-nos com bens e serviços mais para impressionar os outros do que por curtirmos ter um pedaço de matéria - que torna 'materialismo' uma expressão profundamente enganosa no que diz respeito a grande parte do consumo. 
Muitos produtos são, primeiramente, sinais, e só em segundo plano assumem o aspecto de objetos materiais. Nosso vasto cérebro socioprimata evoluiu rumo a uma meta social predominante: fazer bonito para os outros. E comprar produtos…

O ENDIVIDAMENTO DAS FAMÍLIAS É A GRANDE HERANÇA QUE OS GOVERNOS DA FRENTE POPULAR DEIXARÃO PARA O PAÍS

Imagem

A teoria marxista do colapso do capitalismo mantém atualidade?

Imagem
Por Valerio Arcary Os críticos da lei de Marx insistem em dois fatores que agem contra a queda tendencial da taxa de lucro: de um lado, a desvalorização, a posteriori, dos elementos do capital constante; de outro, o aumento da taxa de mais-valia. Ninguém pode negar que estes fatores atuam. A questão é saber em que medida eles conseguem se impor. Roman Rosdolsky, Gênese e Estrutura do Capital[1] Quem não sabe contra quem luta, não pode vencer. Sabedoria milenar chinesa Estamos de punhos fechados, mas com as mãos nos bolsos. Rosa Luxemburgo Não houve até hoje crise econômica sem saída para o capitalismo. Não obstante, é cada vez menos provável uma saída econômica para o capitalismo, o que parece paradoxal. Um paradoxo é uma afirmação contra-intuitiva. Parece verdadeira, mas parece conter uma incoerência lógica, uma contradição irracional. Afirmar que não há futuro econômico para o capitalismo não é catastrofismo, mas marxismo ortodoxo. Significa contextualizar as crises na história e prever que…

DIAGNÓSTICO DO NÍVEL DE ENDIVIDAMENTO DAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS E RECIFENSES, FEITO PELO IBGE, TOMANDO POR REFERÊNCIA O ANO DE 2011

Imagem