Barbárie! Secretário de Administração de Ipojuca ameaça dar "pisa" em cidadão e é alvo de um BO na Delegacia da Cidade


O secretário de Administração de Ipojuca,  Deoclécio Lira, cidade que ostenta o segundo maior PIB do Estado e renda "per capita" superior à americana, demonstra não ter preparo ou equilíbrio necessários para o exercício de função pública. Incomodado com comentários feitos contra ele em um outro perfil da Rede Social, simplesmente "compareceu"  à página do perfil do cidadão Leonardo Turini, no Facebook e passou a proferir ameaças de que se o encontrasse na rua lhe daria "uma pisa" e que se soubesse quem era sua mulher ela também seria alvo das ofensas, "sem nenhum constrangimento", além de proferir palavras de baixíssimo calão contra o próprio Leonardo Turini. Temendo que as ameaças se tornassem realidade, o ofendido registrou, de imediato, um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia da Cidade contra o secretário de administração. Esse secretário é o mesmo que recentemente aderiu a uma Ata de registro de preços para adquirir mais de R$ 6 milhões em mobiliário, mesmo diante das sérias dificuldades em que se encontram os desalojados da Vila do Campo, conforme denunciei em artigo publicado no Blog de Jamildo, do Portal NE10.

A situação em Ipojuca vai mesmo de mal a pior.Vejam abaixo o registro documental do ocorrido:



MATERIAS RELACIONADAS




Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Até ameaças de morte teriam sido feitas por Eduardo da Fonte e Ciro Nogueira contra testemunhas para que mudassem depoimentos na Lava Jato contra parlamentares do Partido. Apartamento de Dudu da Fonte em Boa Viagem também foi alvo de buscas e apreensões