Psol entra com representação contra deputado por “ensinar” a comprar votos. Vídeo foi exibido no "Fantástico", da Rede Globo


Do Congresso em Foco

Em vídeo exibido pelo programa Fantástico, Aelton Freitas diz a candidato como agir para comprar votos e difamar adversários. Deputado afirma que tudo não passou de brincadeira
Renato Araújo
Aelton Freitas: "Sou muito de contar piadas em reunião"
O líder do Psol na Câmara, Ivan Valente (SP), protocolou nesta quarta-feira (7)representação na Mesa Diretora da Casa contra o deputado Aelton Freitas (PR-MG) por quebra de decoro parlamentar. O deputado mineiro aparece num vídeo, exibido pelo Fantástico no último dia 21 de julho, “ensinando” como um candidato a prefeito de Capetinga (MG) deveria fazer para comprar votos e difamar adversários.
O pedido de abertura de processo de investigação na Corregedoria da Câmara também solicita uma cópia do vídeo, com aproximadamente dez minutos de duração. A gravação foi entregue anonimamente ao Ministério Público de Minas Gerais. Ivan Valente afirma que o comportamento de Aelton é “inaceitável para um deputado”.
“As denúncias são gravíssimas e impõem à Corregedoria da Casa a devida apuração com a adoção das medidas cabíveis, no curto prazo que o caso requer, a fim de coibir tais práticas”, conclui o líder do Psol. O parlamentar mineiro negou ao programa de TV que tenha ensinado a comprar votos na eleição municipal de Capetinga e rechaçou a prática: “Eu nunca participei, eu nunca comprei. Estou há 20 anos na política, nunca comprei”. Ele alegou que tudo não passou de uma “brincadeira”. “Eu sou muito de contar piada em reuniões, depois pedi desculpas no final da reunião pelo que eu tinha falado e pelas brincadeiras de mau gosto, me despedi e fui embora. Porque, quando é brincadeira, pode fazer de mau gosto, igual quando você brinca, às vezes, com a raça, com a cor de uma pessoa, você conta uma piada pesada, aquilo pode se tornar um processo”.
Procurada pelo Congresso em Foco, a assessoria de Aelton Freitas afirmou que ainda não tinha informação a respeito da representação.
Veja o vídeo:

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"