Justiça Federal anula a nomeação de Antonio Carlos Figueira, dono do IMIP


Sentença que determina perda de cargo do Secretário estadual de Saúde, também declara a reabertura do CTMO



POR: CBN RECIFEatualizado em 26/11/2013 (15h20)

Uma sentença em Ação Popular, da 1ª Vara da Justiça Federal em Pernambuco, declarou, hoje (26/11), a reabertura do Centro de Transplantes de Medula Óssea (CTMO) do Hemope, assim como a manutenção dos serviços ali prestados. A decisão também resultou na perda do cargo do Secretário Estadual de Saúde, Antônio Carlos Figueira.
Impetrada em dezembro de 2011, pelos médicos Antônio de Oliveira Neto e Liliane Peritore, a Ação Popular requeria a reabertura do CTMO, alegando que todo o procedimento foi feito sem licitação e sem consulta ou aprovação dos Conselhos Estadual e Federal de Saúde. Além disso, os pacientes foram encaminhados a uma entidade privada sem que fosse levantado se a mesma possuía condições de recebê-los. Na ocasião, o Estado de Pernambuco havia determinado o fechamento do Centro e o encaminhamento de seus pacientes para o Hospital Português. 
Em sua sentença, o juiz titular da 1ª Vara Federal, Roberto Wanderley Nogueira, ressaltou que “o SUS (Sistema Único de Saúde), da forma como criado, deve ser eminentemente estatal. (...) Isso porque não é cabível e nem conveniente ao Estado, muito menos à população, a dependência ao sistema privado de prestação como que exclusiva ou semi-exclusiva de serviços de saúde. Nada obstante, é livre à iniciativa privada prestar assistência à saúde, mas essa modalidade de serviço só deve participar do SUS de modo complementar, jamais substitutivamente ao sistema público de igual prestação de serviço”, salientando ainda que “a inversão dessa lógica é inconstitucional”, como consta no art. 199, §1º, da Constituição Federal.
Para o magistrado, a Administração Pública não conta com a opção de restringir o serviço já prestado ou a prestar à população, nem pode “transferir a responsabilidade de sua prestação a entidades privadas, abstraindo-se de sua própria atividade na área de saúde pública, conforme tradicionalmente existente, reduzindo-a a um mero repasse de recursos sujeitos a diversas barreiras de ordem orçamentária, fiscal e administrativa, além de política”.

SAIBA MAIS:
http://noeliabritoblog.blogspot.com.br/2013/11/grampos-da-operacao-assepsia-do-mprn.html

http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2013/11/26/em_decisao_liminar_justica_federal_manda_eduardo_campos_afastar_secretario_de_saude_por_relacao_com_imip_163193.php

http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2013/08/06/organizacoes_sociais_e_dinheiro_publico_um_caso_de_policia_156587.php

INTEGRA DA DECISAO:

http://www.slideshare.net/blogdejamildo/aao-popular-nomeacao-de-secretario-e-fechamento-de-unidade-de-saude-0020334252011?ref=http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2013/11/26/em_decisao_liminar_justica_federal_manda_eduardo_campos_afastar_secretario_de_saude_por_relacao_com_imip_163193.php


Comentários

  1. Isso tudo trocando em miúdos: Fizeram uma panela e dela estavam tirando proveito assim como uma sanguessuga faz com seu hospedeiro! Desviando o NOSSO dinheiro para o bolso alheio e sorrindo, ainda bem que mandaram parar com essa
    "sem-vergonhice". Só quero vê até onde isso vai...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio