Presidente do Conselho do FUNDEB de Gravatá revela demora da Prefeitura em prestar informações sobre sumiço do dinheiro do Fundo, em resposta ao Blog



Duas circunstâncias(ou intencionalidades) impossibilitaram o Conselho do Fundeb detectar este desaparecimento, primeiro motivo foi o Conselho ser nomeado em março e a escolha do presidente para presidir a reunião aconteceu no dia 16 abril de 2013 e efetivamente ter começado suas atribuições em maio do referido ano, ou seja, cinco meses de atraso para se iniciar as atividades.Segundo motivo é a morosidade nas respostas dos oficios enviados ao Poder Público solicitando a documentação necessária para o acompanhamento e a fiscalização do Fundo. Quanto estes dois motivos já estamos tomando a devida providência"

RELEIA A POSTAGEM SOBRE O DESAPARECIMENTO DOS RECURSOS DO FUNDEB DE GRAVATÁ

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

ASSALTANTE DE BANCOS ERA O LOBISTA QUE INTERMEDIAVA CONTRATOS ENTRE EMPRESÁRIOS E GOVERNOS DE PERNAMBUCO E MARANHÃO, REVELA OPERAÇÃO TORRENTES II DA POLÍCIA FEDERAL

DOIS ADVOGADOS ENTRE OS PRESOS NA OPERAÇÃO TORRENTES II. SAIBA OS NOMES DE TODOS OS PRESOS E CONDUZIDOS AQUI NO BLOG

PÂNICO DE PERDER FORO PRIVILEGIADO ESTARIA POR TRÁS DE ACORDÃO DE HUMBERTO COSTA COM PSB PARA RIFAR MARÍLIA ARRAES