Presidente do Conselho do FUNDEB de Gravatá revela demora da Prefeitura em prestar informações sobre sumiço do dinheiro do Fundo, em resposta ao Blog



Duas circunstâncias(ou intencionalidades) impossibilitaram o Conselho do Fundeb detectar este desaparecimento, primeiro motivo foi o Conselho ser nomeado em março e a escolha do presidente para presidir a reunião aconteceu no dia 16 abril de 2013 e efetivamente ter começado suas atribuições em maio do referido ano, ou seja, cinco meses de atraso para se iniciar as atividades.Segundo motivo é a morosidade nas respostas dos oficios enviados ao Poder Público solicitando a documentação necessária para o acompanhamento e a fiscalização do Fundo. Quanto estes dois motivos já estamos tomando a devida providência"

RELEIA A POSTAGEM SOBRE O DESAPARECIMENTO DOS RECURSOS DO FUNDEB DE GRAVATÁ

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"