Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Randolfe, Ivan Valente e Ana Amélia denunciam Dilma, mas poupam Gerdau, que doou para campanhas de seus partidos

Imagem
Dados do Portal do Tribunal Superior Eleitoral não deixam dúvidas do quanto é seletivo o denuncismo dos senadores Randolfe Rodrigues, pré-candidato do PSOL à presidência da República e Ana Amélia, do PP, bem como do deputado Ivan Valente, também do PSOL, que apresentaram denúncia contra a presidenta Dilma Rousseff ao Procurador Geral da República por ter, na qualidade de presidente do Conselho de Administração da Petrobras aprovado a compra da Refinaria de Pasadena, no Texas, com base num parecer que ocultava cláusulas prejudiciais a estatal. Segundo os denunciantes, Dilma deveria ter demitido o diretor responsável pelo parecer logo após saber das omissões.

Estranhamente, a denúncia não incluiu os demais membros do Conselho, que por ser um órgão colegiado, decide por votação e não por decisão unilateral do presidente e, portanto, responde solidariamente por suas decisões e omissões. Entre os membros do Conselho que tiveram o mesmo posicionamento de Dilma, a única denunciada por conveni…

Eduardo já não domina mais todas as peças do tabuleiro

Imagem
Para o Blog de Jamildo PUBLICADO EM 25/03/2014 ÀS 9:01 POR  EM NOTÍCIASOPINIÃO Por Noelia Brito, especial para o Blog No último final de semana, o Partido dos Trabalhadores decidiu, por votação de seus delegados, reunidos em Encontro Estadual, num hotel em Boa Viagem, que o PT não lançaria candidatura própria para a sucessão de Eduardo Campos, passando a apoiar a candidatura do petebista Armando Monteiro, pois, como Eduardo está em plena campanha para apear a petista Dilma Rousseff da presidência da República, em parceria com o tucano Aécio Neves, a prioridade dos petistas deve ser fortalecer o palanque dela no Estado, o que, no entender da maioria dos partidários de Dilma, aqui, em Pernambuco, não se conseguiria com uma candidatura própria, que vinha sendo defendida, principalmente, pelos aliados que o próprio Eduardo Campos ainda mantém dentro do PT, como é o caso do presidente do partido no Recife, Oscar Barreto e do ex-secretário de Habitação do socialista Gerald…

Delegados do PT aprovam moção de repúdio contra Eduardo e administrador de Fernando de Noronha por violação dos Direitos Humanos

Imagem
Trezentos delegados do Partido dos Trabalhadores estão reunidos, desde ontem, no Hotel Jangadeiro, em Boa Viajem, para definir a Tática Eleitoral que será adotada pelo Partido, em 2014. Após decidirem que o partido não terá candidatura própria para o governo do Estado, devendo apoiar a candidatura do senador Armando Monteiro, para o cargo, numa chapa com o deputado federal João Paulo como candidato ao Senado, alguma moções foram aprovadas pelos delegados presentes, dentre as quais uma a favor da legalização da maconha e outra de repúdio ao Governador Eduardo Campos e ao administrador de Fernando de Noronha, Romeu Batista, por violação dos Direitos Humanos, em razão da política higienista praticada pelo governo Eduardo Campos contra as "Mães de Noronha", impedidas de parir e criar seus filhos do Arquipélago.

O caso das Mães de Noronha foi denunciado por esta Blogueira em artigo para o Blog de Jamildo e em uma série de reportagens publicadas pelo Diário de Pernambuco (v. Links …

Em Encontro Estadual realizado ontem e hoje, PT de Pernambuco decide apoiar candidatura de Armando Monteiro, do PTB, ao Governo de Pernambuco

Imagem

Site do PSB revela que Eduardo Campos negociava pessoalmente com empresários contratados por Paulo Roberto Costa para atuar em SUAPE

Imagem
Ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, preso  por lavagem de dinheiro na Operação Lava-Jato da Polícia Federal, Paulo Roberto Costa, era presença constante em Pernambuco. Nesse registro, feito pelo Blog de Política do Diário de Pernambuco, de 2010, o governador Eduardo Campos e o então secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Fernando Bezerra Coelho, assinaram, juntamente com Paulo Roberto Costa, contrato a empresa americana Oxbow Carbon Minerals, para a construção de uma calcinadora de coque, a ser produzido na RENEST. A assinatura do contrato foi celebrada pelo Partido do governador de Pernambuco, em seu site, que revelou ter sido Eduardo Campos, em pessoa que, durante viagens a Holanda e aos Estados Unidos costurou os contratos entre a empresa americana e a estatal brasileira, para se tornar fornecedora da Petrobras. Eis a notícia:
Suape atrai mais uma empresa para PernambucoSalvar • 0 comentários • Imprimir • Reportar Publicado por Partido Socialista Brasileiro (extra…

Delcídio Amaral foi um dos mentores do esquema de corrupção que atua no país desde o governo Figueiredo, revela "Novo Jornal"

Imagem
"Delcídio comandou o escandaloso esquema de corrupção da Construtora Camargo Corrêa na condição de engenheiro encarregado da supervisão da construção e montagem da Usina de Tucuruí, no governo Figueiredo."







DO GGN
"Banda Podre Nacional" articulou-se para inocentar Lacerda seg, 13/02/2012 - 13:50 Afinal, o que levaria o senador da República Delcídio Amaral (PT/MS) a envolver-se de maneira tão arriscada, alterando o texto do “Relatório Final da CPMI dos Correios” que presidia, retirando da lista acusados como o banqueiro Daniel Dantas e Marcio Lacerda, secretário Executivo do Ministério da Integração Nacional, ocupado na época por Ciro Gomes, recém-derrotado candidato do PSB a Presidência da Republica. E o pior, mentiu ao afirmar, através da propaganda eleitoral, que Marcio Lacerda não tinha participado do “Mensalão”. Em busca desta resposta, Novojornal solicitou a repórteres de Brasília, Fortaleza e Campo Grande que achassem uma resposta.  O encontrado expõe…

Compra da Refinaria americana foi defendida por Cerveró e Costa, preso ontem pela PF, revela ex-Conselheiro da Petrobras

Imagem
Gerdau, que se manteve no Conselho de Administração, ainda destaca pareceres técnicos favoráveis; para economista, decisão era bem fundamentada 20 de março de 2014 | 21h 53
Lu Aiko Otta - O Estado de S. Paulo O empresário Jorge Gerdau Johannpeter, do grupo Gerdau, que ainda mantém cadeira no Conselho de Administração da Petrobrás, afirmou nesta quinta-feira, 20, por meio de nota que "ao aprovar em 2006 a operação de compra e 50% de participação na refinaria Pasadena não tinha conhecimento, como os demais conselheiros, das cláusulas Put Option e Marlim do contrato". Veja também:
Conselho discute 'intensamente' antes de votar, disse presidente da Petrobrás
Indicação de ex-diretor da Petrobrás gera bate-boca entre senadores
Aécio convoca 'blocão' na Câmara a apoiar criação da CPMI da Petrobrás Andre Dusek/Estadão Dono do grupo Gerdau afirma que decisão teve embasamento de consultorias reconhecidas A primeira dessas cláusulas obrigou a Petrobrás, posteriormente, a com…

Paulo Roberto Costa, preso ontem pela Operação Lava-Jato, foi co-autor dos pareceres que induziram Conselho da Petrobras a autorizar compra de Refinaria

Imagem
DO ESTADÃO Brasília - A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira, 20 o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa, homem forte na gestão do ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli envolvido diretamente na compra da polêmica refinaria de Pasadena (EUA). A Operação Lava Jato, da PF, identificou a participação de Paulo Roberto em esquema de lavagem de dinheiro e o relaciona a um "plano de negócios com a Petrobrás" para venda de glicerina de uso industrial que seria intermediada por ele. Marcos Arcoverde/Estadão Paulo Roberto, que se desligou da Petrobrás em 2012 Paulo Roberto, que se desligou da Petrobrás em março de 2012, é investigado pelo Ministério Público Federal no Rio por irregularidades na compra da refinaria de Pasadena pela estatal brasileira. Ele foi um dos responsáveis por elaborar o contrato da compra e ajudou a fazer o "resumo técnico" de 2006 criticado pela presidente Dilma Rousseff por não trazer cláusulas do contrat…

Presença constante em Pernambuco, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras foi preso hoje pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro.

Imagem
Ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, preso hoje por lavagem de dinheiro numa Operação da Polícia Federal, Paulo Roberto Costa era presença constante em Pernambuco. Nesse registro, feito pelo Blog de Política do Diário de Pernambuco, de 2010, o governador Eduardo Campos e o então secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Fernando Bezerra Coelho, acompanharam Paulo Roberto Costa ao canteiro de obras da Refinaria Abreu e Lima e em ato de assinatura de um memorando entre a Petrobras e a empresa americana Oxbow Carbon Minerals, para a construção de uma calcinadora de coque, um subproduto do petróleo. Leia mais aqui: http://blogs.diariodepernambuco.com.br/politica/?p=6198 http://www.old.pernambuco.com/ultimas/nota.asp?materia=20100405073935
Em vídeo gravado no Recife, para o Blog de Jamildo, ex-diretor da Petrobras, preso hoje pela Polícia Federal, por lavagem de dinheiro, fala sobre CPI da Petrobras: http://tvuol.uol.com.br/video/diretor-da-petrobras-fala-de-diesel-cpi-e-do-blog-…

Ex-diretor da Petrobras envolvido com a compra da refinaria em Pasadena é preso em Operação da PF contra lavagem de dinheiro

Da Folha
A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (20) o ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, no Rio de Janeiro. Ele foi preso por tentar destruir provas e documentos, que o envolviam em um suposto esquema de lavagem de dinheiro. Costa também é investigado pelo Ministério Público Federal no Rio por supostas irregularidades na compra pela Petrobras da refinaria de Pasadena, no Texas, em 2006.
Leia mais aqui: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/03/1428258-pf-prende-ex-diretor-da-petrobras-por-tentar-destruir-documentos.shtml

Insatisfeitos com declarações de Dilma, envolvidos nas fraudes dos pareceres que levaram à compra da Refinaria americana chamam nota de "bizarrice"

Do Valor Econômico

Presidente causa desconforto na estatal

Por Cláudia Schüffner | Do Rio
Causou espanto na Petrobras a admissão, pela presidente Dilma Rousseff, de que ela aprovou a compra de 50% da refinaria de Pasadena, pela Petrobras, em 2006 com base em informações falhas, que omitiam cláusulas do contrato prejudiciais à estatal cujo conselho de administração ela presidia na época.

A avaliação é que a presidente jogou lenha na fogueira, comprometeu o ex-presidente Lula, o ex-ministro Antonio Palocci, o PT, o PMDB e administradores da Petrobras na época, como José Sergio Gabrielli e até Graça Foster, que vinha tentando de forma hercúlea implantar a lei do "deixa disso" sobre o tema Pasadena e matar o assunto por inanição.

A refinaria foi retirada da lista de ativos à venda para não se confirmar o prejuízo bilionário na aquisição por US$ 1,18 bilhão de uma planta que vale atualmente US$ 120 milhões, se muito. Aí veio a presidente Dilma jogando todo o trabalho abaixo e abrindo …

Senador Delcídio Amaral, atolado até o pescoço do escândalo da compra da refinaria americana pela Petrobras, tenta comprometer Dilma na negociata

Imagem
"Um terceiro diretor, hoje político, também sustenta a disponibilidade de informações a quem está no conselho. "Acho pouco provável que algum processo chegue ao conselho (de administração da Petrobrás) sem estar devidamente instruído para liberação dos diretores e conselheiros", afirmou o senador Delcídio Amaral (PT-MS), que comandou a área de Gás e Energia da Petrobrás e é apontado como um dos padrinhos de Nestor Cerveró na estatal. Cerveró comandava a Área Internacional da Petrobrás em 2006 e foi responsável pelo "resumo técnico" enviado ao conselho naquele ano para que a compra da refinaria de Pasadena fosse aprovada ou não."

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,chefia-de-conselho-da-petrobras-dava-a-dilma-acesso-total-a-dados-de-refinaria,1142851,0.htm



"A primeira a levantar dúvidas sobre a transação foi a presidente Dilma Rousseff, em 2008, quando era ministra da Casa Civil e comandava o conselho da Petrobras. A estatal e sua sócia belga d…

Delcidio Amaral, presente em todos os governos desde Collor, o ex-empregado da Shell, na Holanda, era homem de confiança de PC Farias.

Imagem
Delcidio do Amaral Gomez, O homem de “Todos os Governos”Notícias13/04/2013 Nascido em Corumbá (MS), Delcídio do Amaral Gomez, ainda criança, mudou-se com os pais para São Paulo, onde graduou-se em engenharia elétrica em 1981. Por dois anos, trabalhou na Europa, como diretor da Shell, na Holanda. De volta ao Brasil em 1991, assumiu a Eletrosul e, em seguida, a Secretaria Executiva do Ministério de Minas e Energia. Foi também presidente do Conselho de Administração da Companhia Vale do Rio Doce, hoje Vale. Em 1994, no governo Itamar Franco, foi intitulado ministro de Minas e Energia. Depois assumiu a diretoria de Gás e Energia da Petrobrás. Com competência e pulso firme, conduziu as medidas contra os apagões de 2000 e 2001. Decidido a seguir o destino de ajudar sua terra-natal, o Mato Grosso do Sul, Delcídio aceitou o cargo de Secretário de Estado de Infra-Estrutura e Habitação no governo de Zeca do PT, em 2001. Em 2002, Delcídio é indicado candidato ao Senado e é eleito com cerca de 5…

Senador Delcídio Amaral, ex-diretor da Petrobras nas gestões do PSDB e do PT, acusado de ser lobista de empresas de petróleo e gás americanas, indicou diretor responsável pela compra da Refinaria de Pasadena

Imagem
O Jornal do Commercio, em sua edição de hoje, revela que o senador Delcídio Amaral, do PT do Mato Grosso, foi o responsável pela indicação do ex-diretor da Área Internacional da Petrobrás, Nestor Ceveró, responsável pela aquisição da Refinaria de Pasadena que teria causado um prejuízo de mais de R$ 1 bilhão à estatal.

Matéria publicada em 11/02/2014, traz informações sobre várias denúncias contra Delcídio Amaral, desde 1999, quando este assumiu, ainda na gestão FHC, quando Delcínio era filiado ao PSDB de corrupção e tráfico de influência que pesariam contra o senador em negócios altamente prejudiciais à Petrobras:

"Os recursos usados na campanha teriam origem ilícita e teriam saído do caixa da Alstom, segundo a Procuradoria. De acordo com a ação sugerida, "a Petrobras foi lesada em pelo menos cerca de 22 milhões de dólares no que diz respeito à compra de uma turbina GT24, de fabricação da AB-alson, firma francesa. Parte do dinheiro originário dessas transações suspeitas veio, a…