Atolado em denúncias de envolvimento nos escândalos da Petrobrás, Delcídio critica Dilma


DO CORREIO DO ESTADO

Senador petista fez duras críticas à presidente por não dialogar com as lideranças políticas

DA REDAÇÃO   
foto
Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado/Arquivo
. Para Delcídio, desgaste de Dilma pode refletir nos estados

O senador  Delcídio do Amaral (PT), pré-candidato a governador, fez duras críticas à presidente Dilma Rousseff e manifestou a sua intenção de se afastar dela na campanha eleitoral em Mato Grosso do Sul, segundo reportagem na edição de hoje do jornal Correio do Estado. Na entrevista aoPrograma Tribuna Livre, da FM Capital, apresentando por Sérgio Cruz e Marcos Faria, o senador comentou sobre o interesse de ficar “descolado” da Dilma, que está passando por processo de desgaste em todo o País.
“A minha candidatura, até pela maneira de como ela foi construída, ela é uma candidatura meio ‘descolada’ assim da candidatura a presidente. Pelo menos até agora”, declarou. Até em relação aos apoios a sua candidatura, ele deixou a entender que este distanciamento da Dilma “fica muito bem caracterizado”.
Delcídio disse, ainda, estar acompanhando de perto o desgaste da presidente Dilma Rousseff, que pode refletir nos candidatos do PT em todo o País.
“Esse desgaste da presidente Dilma já se identifica nas pesquisas nacionais, primeiro, acho que falta ao governo Dilma uma articulação mais ampla”, observou.
Para o senador, a presidente “tem que conversar com a classe política, independentemente das qualidades e dos vícios, das virtudes e defeitos, que a classe política tem, como qualquer pessoa tem na vida”. Ele ressaltou, ainda, que a Dilma “precisa dialogar com os partidos, fazer política, uma coisa que o governo Lula sempre fez com muita excelência”.A reportagem é de Adilson Trindade.
SAIBA MAIS:


Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"