Escritório de advocacia de primo do presidenciável Eduardo Campos é contratado para defender interesses do Novo Recife. Construtoras proprietárias do empreendimento já doaram para campanhas do PSB

EXCLUSIVO


Após manifestantes ocuparem o Pátio Ferroviário situado no Cais José Estelita, para impedir que as Construtoras Moura Dubeux e Queiroz Galvão venham a concluir a demolição dos imóveis que compõem o conjunto arquitetônico do local, onde pretendem construir o empreendimento imobiliário "Novo Recife", as empreiteiras ingressaram com uma ação de Interdito Proibitório, junto à 19ª Vara Cível da Capital, com a finalidade de impedir que os manifestantes continuem turbando sua posse, o que em linguagem popular, significa dizer, incomodando ou ameaçando sua posse.

Para fazer sua defesa judicial, o Novo Recife escolheu o escritório de advocacia Norões, Azevedo & Advogados Associados que tem como sócio o atual procurador geral do Estado e primo do ex-governador e candidato pelo PSB à presidência da República, Eduardo Campos, Thiago Norões. A petição é assinada pelo advogado Thiago Barbosa.

Chama a atenção o fato de que tanto a Queiroz Galvão quanto a Moura Dubeux sejam conhecidas doadoras para campanhas do PSB, partido do presidenciável Eduardo Campos e que exista denúncia formulada na ação 0506879-60.2014.8.05.0001, em tramitação na Comarca de Salvador de que o mesmo escritório, apesar de ainda ter o primo do então governador como sócio, foi contratado pela empresa responsável pela PPP fracassada para construção do presídio de Itaquitinga, para responder por todos os processos relativos aos contratos de terceirização decorrentes daquele contrato, o que não parece muito apropriado tendo em vista o cargo ocupado pelo sócio do escritório e suas relações de parentesco com o ex-governador.





DOAÇÕES

SAIBA MAIS:


Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"