Notícias




segunda-feira, 28 de julho de 2014

Governo Federal repassou R$ 29,2 milhões para Santa Casa, apenas em 2014. Alckmin, candidato de Eduardo Campos, em São Paulo, tem que provar destinação dos recursos



O Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União comprova que somente este ano, o governo Alckmin recebeu cerca de R$ 29,2 milhões do governo Dilma, para repassar à Santa Casa de Misericórida de São Paulo. Em 2013, os repasses do Governo Dilma chegaram a R$ 55,2 milhões, desmentindo as informações divulgadas pelo governador de São Paulo, candidato à reeleição com o apoio do presidenciável Eduardo Campos, que também não teve uma gestão exemplar à frente da Saúde, como governador de Pernambuco, de que deixou de repassar recursos para a Santa Casa por não tê-los recebido do Governo Federal. O caso deve ser investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, uma fez que, conforme comprova o Portal da Transparência, os recursos entram transferidos para o Fundo Estadual de Saúde e desvio de finalidade em recursos de Fundos, por terem finalidade especificada em lei, é crime e, no caso, crime da competência federal.
A Santa Casa teve que fechar o Pronto Socorro e cancelar cirurgias por causa de dívidas superiores a R$ 50 milhões decorrentes da falta de repasses dos recursos, segundo o provedor da entidade, Kalil Rocha Abdalla. Cabe, portanto, ao governador, provar que repassou os recursos recebidos da União.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.