Marília Arraes posta novas críticas às alianças eleitoreiras do primo Eduardo Campos em sua conta no Facebook

A vereadora Marília Arraes fez novas postagens em sua conta pessoal no Facebook questionando a chamada "Nova Política" defendida pelo primo presidenciável, Eduardo Campos. Na postagem, Marília, que segue filiada ao PSB, afirma que a coligação hoje formada pelo candidatos apoiados por Eduardo, em Pernambuco, está mais próxima da extinta União por Pernambuco que se opunha a seu avô, Miguel Arraes do que à Unidade Popular, comandada por aquele e por Pelópidas. Sem citar o nome do primo, Marília Arraes ainda afirma não se identificar com essa nova política defendida por Eduardo Campos, que em sabatina ontem, feita pela Folha/UOL, não foi capaz de justificar as incongruências de seu discurso recheado de ataques às velhas raposas da política, quando ele mesmo, tanto em Pernambuco, quanto em Estados como Piauí e Santa Catarina, Minas Gerais e São Paulo está aliado com as mesmas raposas que diz combater.
Questionada por um internauta sobre as contradições do prefeito Geraldo Júlio, mudando de postura diante da campanha de Paulo Câmara que tem causado transtornos à mobilidade da população quando, antes de ser prefeito, chegou a defender uma campanha limpa, a vereadora lembrou que as contradições da coligação comandada por Eduardo Campos não se limitavam ao plano regional, mas se estendiam ao cenário nacional, razão pela qual não se sentia representada por esta. 



SAIBA MAIS

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

ASSALTANTE DE BANCOS ERA O LOBISTA QUE INTERMEDIAVA CONTRATOS ENTRE EMPRESÁRIOS E GOVERNOS DE PERNAMBUCO E MARANHÃO, REVELA OPERAÇÃO TORRENTES II DA POLÍCIA FEDERAL

DOIS ADVOGADOS ENTRE OS PRESOS NA OPERAÇÃO TORRENTES II. SAIBA OS NOMES DE TODOS OS PRESOS E CONDUZIDOS AQUI NO BLOG

PÂNICO DE PERDER FORO PRIVILEGIADO ESTARIA POR TRÁS DE ACORDÃO DE HUMBERTO COSTA COM PSB PARA RIFAR MARÍLIA ARRAES