Polícia Federal divulga Nota sobre depoimento de Romeu Tuma Junior em investigação provocada pelo tucano Aluísio Nunes


NOTA À IMPRENSA
Brasília/DF – Em relação às matérias veiculadas sobre suposta detenção de Romeu Tuma Júnior em seu escritório hoje, 5/8, na cidade de São Paulo, a Polícia Federal informa:

1 – A PF recebeu representação do senador Aloysio Nunes Ferreira com reportagem da Revista Veja noticiando supostos crimes narrados no livro 'Assassinato de Reputações – Um crime de Estado';

2 – Desde o mês de fevereiro, a Polícia Federal intimou diversas vezes o autor do livro, inclusive por meio de sua advogada, para que pudesse esclarecer os fatos mencionados na obra;

3 – A PF determinou condução coercitiva para que Tuma Junior comparecesse na Superintendência em São Paulo e prestasse informações que auxiliassem na investigação;

4 – O depoimento foi realizado e a testemunha logo após liberada.

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal
(61) 2024 8142

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

TULIO GADELHA DIVULGA CARTA REVELANDO REAIS MOTIVOS DE SUA EXONERAÇÃO DO ITERPE: "AJUSTE PARTIDÁRIO E ELEITOREIRO"

ASSALTANTE DE BANCOS ERA O LOBISTA QUE INTERMEDIAVA CONTRATOS ENTRE EMPRESÁRIOS E GOVERNOS DE PERNAMBUCO E MARANHÃO, REVELA OPERAÇÃO TORRENTES II DA POLÍCIA FEDERAL

DOIS ADVOGADOS ENTRE OS PRESOS NA OPERAÇÃO TORRENTES II. SAIBA OS NOMES DE TODOS OS PRESOS E CONDUZIDOS AQUI NO BLOG