Polícia Federal divulga Nota sobre depoimento de Romeu Tuma Junior em investigação provocada pelo tucano Aluísio Nunes


NOTA À IMPRENSA
Brasília/DF – Em relação às matérias veiculadas sobre suposta detenção de Romeu Tuma Júnior em seu escritório hoje, 5/8, na cidade de São Paulo, a Polícia Federal informa:

1 – A PF recebeu representação do senador Aloysio Nunes Ferreira com reportagem da Revista Veja noticiando supostos crimes narrados no livro 'Assassinato de Reputações – Um crime de Estado';

2 – Desde o mês de fevereiro, a Polícia Federal intimou diversas vezes o autor do livro, inclusive por meio de sua advogada, para que pudesse esclarecer os fatos mencionados na obra;

3 – A PF determinou condução coercitiva para que Tuma Junior comparecesse na Superintendência em São Paulo e prestasse informações que auxiliassem na investigação;

4 – O depoimento foi realizado e a testemunha logo após liberada.

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal
(61) 2024 8142

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"