Notícias




sexta-feira, 1 de agosto de 2014

União já repassou R$ 200 milhões para Barragem de Serro Azul, mas Governo de Pernambuco não explica atraso das obras. Povo teme desastre.

FOTO: JORNAL "O OLHO"
A população de Palmares e demais municípios da Mata Sul está temerosa de que a tragédia ocorrida em  2010, quando as cheias castigaram a região, venha a se repetir e ainda com mais força, mesmo após a União Federal já ter liberado um total de R$ 200 milhões para a construção de uma barragem na Região. 


A Barragem de Serro Azul é considerada a maior de todas as barragens do Sistema de Contenção de Enchentes da Mata Sul e está sendo construída na bacia do Rio Una, em Palmares. Mesmo prevista para ser concluída em dezembro de 2014, a Barragem de Serro Azul, cuja gestão da obra foi transferida pelo então Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, ao comando do governador Eduardo Campos, não está nem perto de ser finalizada.


FOTO: JORNAL "O OLHO"
Para realizar o controle de tecnológico e o monitoramento do Plano de Controle Ambiental (PCA) do empreendimento, a Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos do Goberno de Pernambuco assinou um contrato de Gestão com uma Organização Social, o Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP), que também foi responsável pela elaboração do projeto Básico de Engenharia da obra. Entretanto, no final de março deste ano, vários representantes da sociedade civil protocolaram, segundo o JORNAL "O Olho", uma denúncia ao Ministério Público, representado pelo promotor de Justiça da Cidadania e Meio Ambiente d Comarca de Palmares, Dr. Eduardo Leal dos Santos, solicitando uma vistoria do MP às obras, tendo em vista a constatação de que em vez da construção de "um quilômetro de paredão de concreto por 68 (sessenta e oito) metros de altura", os denunciantes estariam presenciando uma "construção de 300 (trezentos metros) de paredão de concreto e o restante 700 (setecentos) metros estão sendo construídos em barro.


A denúncia foi assinada por representantes do Sindicato do Comércio Varejista do Estado de Pernambuco (SINCOMATA); Associação Comercial e Empresarial dos Palmares (ACP); Rotary Clube dos Palmares, Lions Clube dos Palmares, Loja Maçônica Fraternidade Palmarense, Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Palmares, da Igreja Católica e da Igreja Evangélica.


Consulta ao site do Portal da Transparência da Controladoria Geral da União comproca que desde o dia 28 de março de 2014, o Governo Federal já havia pago toda sua parte no convênio, ou seja, nada menos que R$ 200 milhões em recursos federais já haviam sido transferidos para a conta da Secretaria de de Infra-Estrutura Hídrica de Pernambuco. As denúncias são gravíssimas e são corroboradas pelo vídeo ao final postado e tamanho aporte de recursos federais já enviados para essa obra exigem que a CGU, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal também entrem no caso, para garantir não apenas a boa aplicação desses recursos, mas, principalmente, a vida das pessoas.




REPRESENTANTE DA SOCIEDADE CIVIL DENUNCIA FALHAS NA OBRA DA BARRAGEM SERRO AZUL - VIDEO-REPORTAGEM DO JORNAL "O OLHO"









SAIBA MAIS

http://jornaloolho.blogspot.com.br/2014/03/barragem-de-serro-azul-dia-21-de-marco.html

Um comentário:

  1. Noelia Brito mostra as verdades que a censurada imprensa de Pernambuco esconde. Transcrevi no http://andradetalis.wordpress.com/2014/08/02/uniao-ja-repassou-r-200-milhoes-para-barragem-de-serro-azul-em-pernambuco-mas-eduardo-campos-nao-explica-atraso-das-obras-povo-teme-desastre/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.