O QUE VEM POR AÍ?

OPINIÃO

Por  Alberes Xavier de Assunção

A proximidade das eleições tem deixado preocupados todos aqueles, que, como nós, gostamos de política. Refiro-me não só às eleições presidenciais, como também, as eleições estaduais. Afinal, nenhum brasileiro; nenhum Pernambucano, por mais apaixonado que seja por um candidato “A” ou “B”, vai querer que o Brasil ou mesmo  o nosso querido e bravo guerreiro, Pernambuco, seja governado de forma irresponsável ou temerária.  É justa esta preocupação? Pergunto. E respondo de imediato: Sim, é muito justa.

E, ao fazer um paralelo, uma comparação entre os perfis dos dois principais candidatos a governador de nosso Estado, ARMANDO MONTEIRO e PAULO CÂMARA, somos forçados a reconhecer, que, ao menos no aspecto político ARMANDO MONTEIRO tem muito mais consistência. Mas talvez, você, que esteja me ouvindo neste momento, pergunte: Mas, PAULO CÂMARA é um técnico experiente; trabalhou anos ao lado do ex-governador EDUARDO CAMPOS, sendo seu auxiliar direto, exercendo  a chefia de secretarias importantes no Governo do Estado, como por exemplo a Secretaria da Fazenda e por isto está credenciado para exercer o governo de Pernambuco, caso seja eleito. E eu respondo com uma pergunta: e este currículo seria suficiente? Entendo que não.

Porque todos nós sabemos que governar um Estado importante como Pernambuco, não é somente você se credenciar como um técnico competente; você precisa ter liderança política para driblar os vários problemas  e os pedidos dos políticos e das bases, que certamente  virão e para isso é necessário, além de traquejo, ter liderança política, o que sinceramente não vejo em PAULO CÂMARA.

Eu sei que ele foi o escolhido pelo falecido governador EDUARDO CAMPOS, mas, repito,  ele precisaria ter muito mais bagagem política para conduzir os destinos do povo de Pernambuco, o que lhe falta, no meu  modesto entendimento.

Todos nós sabemos que o candidato ARMANDO MONTEIRO, por sua vez, bem que tentou ser o escolhido do ex-governador EDUARDO CAMPOS, tanto que até bem pouco tempo atrás era seu aliado, e foi eleito um dos senadores na eleições do ano de 2010, ao lado do ex-governador.  E o que faltou a ele para não ser o escolhido para disputar as eleições, ao lado do ex-governador EDUARDO CAMPOS? E respondo, também, com a seguinte pergunta: O que faltou a FERNANDO BEZERRA COELHO e mesmo ao atual Governador JOÃO LIRA, para não ser um deles o escolhido? Será que nenhum dos três tinha cacife ou competência suficientes para governar Pernambuco? É claro que tinham, tanto que JOÃO LIRA está governando o nosso Estado, muito embora seja por pouco tempo.

Na realidade, meus caros, o que ARMANDO MONTEIRO, FERNANDO BEZERRA COELHO e mesmo o atual governador JOÃO LIRA tem,  e que fez com que eles fossem rejeitados pelo ex-governador EDUARDO CAMPOS é uma coisa chamada luz própria, ou mais propriamente, liderança política;  força  e autoridade  para falar por si mesmo, coisa que PAULO CÂMARA não tem.


Comentários

  1. Noélia, Alberes não sabe escrever um texto desses não, ele pediu pra Cesar Melo ou Elisberto escrever, isso so mostra o quanto seu Blog esta caindo kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa de ser invejoso Blog Junior Albuquerque! Que atitude indigna de sua parte fazer um comentário desses sobre o Alberes! Acho que você gostaria de ter um artigo publicado aqui, mas não pode, pois é mal educado e sem nível.

      Excluir
  2. Deixa de ser invejoso Blog Junio Albuquerque! Que atitude indigna de sua parte fazer um comentário desses sobre o Alberes! Acho que você gostaria de ter um artigo publicado aqui, mas não pode, pois é mal educado e sem nível.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

PAULO CÂMARA INSISTE EM EXPULSAR POLICIAIS MILITARES QUE DEFENDEM CATEGORIA, MAS PROTEGE CORONEIS DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO INVESTIGADOS POR DESVIOS PARA CAMPANHAS DO PSB

VÍDEO DO ALOJAMENTO DOS POLICIAIS MILITARES EM GOIANA/PE DENUNCIA CONDIÇÕES SUBUMANAS NA PM, ENQUANTO PAULO CÂMARA GASTA MILHÕES COM MOTOS DA "GRIFE" BMW

CORRUPÇÃO: PERNAMBUCANA SERTTEL, RESPONSÁVEL POR CONTRATOS DOS "AMARELINHOS", DAS CICLOFAIXAS, COMPARTILHAMENTO DE BIKES E OPERAÇÃO DOS SEMÁFOROS DO RECIFE É ALVO DE DELAÇÃO PREMIADA NO PARANÁ E SÓCIOS SÃO DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO. EMPRESA TEM CONTRATOS MILIONÁRIOS COM A PREFEITURA DO RECIFE E O ESTADO DE PERNAMBUCO