Vereadores denunciam prefeito de Gravatá ao MPPE e à Polícia Federal por aumento de patrimônio pessoal e pedem CPI

DENÚNCIA
Prefeito Bruno Martiniano, de Gravatá, em ato de apoio à candidatura de Paulo Câmara

Os vereadores Sônia Maria de Souza e Nicomedes Correia Moura Júnior, de Gravatá, protocolaram representações junto ao Procurador Geral do Ministério Público de Pernambuco, Aguinaldo Fenelon e à Polícia Federal, denunciando o prefeito da cidade, Bruno Martiniano porque, segundo narram os vereadores, em suas representações, o prefeito de Gravatá e sua esposa teriam adquirido bens incompatíveis com suas rendas durante a gestão do primeiro à frente da Prefeitura de Gravatá. Para tanto, afirmam os vereadores, o prefeito de Gravatá teria contado com o auxílio de seu sogro, o Sr. Paulo Roberto Mello Carvalho e de um dos seus secretários, o Sr. Marcus Tulius de Barros Souza, que colocavam os bens em seus próprios nomes, ao mesmo tempo em que passavam procurações públicas dando plenos poderes de gestão de tais bens ao prefeito e a sua esposa, a Sra. Paula Regina Carvalho Martiniano Lins. 

As denúncias, todas acompanhadas de farta documentação, envolvem desde terrenos em Gravatá, um apartamento de luxo na Av. Boa Viagem, flats, contas bancárias de empresas e até um automóvel Mercedes Bens, que ficaria guardado na garagem de um edifício de luxo no Recife. Parte da documentação entregue às autoridades pode ser conferida por nossos leitores, com exclusividade. O povo de Gravatá e de Pernambuco exige providências urgentes!




























Um pedido de instalação de CPI, para investigar as denúncias apresentadas pelos vereadores de oposição, em Gravatá, encontra-se pendente de despacho do presidente da Câmara desde agosto deste ano, sem qualquer pronunciamento. O presidente da Câmara de Gravatá é irmão do prefeito denunciado:




SAIBA MAIS:
COM SALARIOS ATRASADOS, FUNCIONARIOS DA PREFEITURA DE GRAVATA PROTESTAM POR MEDIDAS URGENTES
http://gravatanoticias.com.br/?p=1839

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio