Notícias




quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Conferência da Juventude de fachada de Geraldo Júlio é alvo de nota de repúdio da Juventude do PT


Nota da Juventude do PT/PE sobre a realização da Conferência Municipal de Juventude do Recife

1) Os movimentos e organizações de juventude do Recife foram surpreendidos com o anúncio no último dia 10 de dezembro da realização da Conferência Municipal de Juventude que ocorrerá no dia 18 de dezembro.

2) Não bastasse o tempo curto demais entre o anúncio e a realização da conferência (apenas uma semana), ela foi convocada sem qualquer diálogo com as organizações de juventude da cidade. O que nos faz questionar como é possível realizar uma conferência cujo objetivo deveria ser debater com as juventudes sobre suas demandas, se no seu próprio processo de construção as organizações juvenis são completamente excluídas.

3) Outro fato que causou estranheza na convocação foi o fato da prefeitura do Recife colocar esta como a 1ª conferência de juventude da cidade, quando é amplamente sabido que já ocorreram anteriormente duas outras conferências de juventude, uma delas no Governo João Paulo/PT em 2008 e a segunda no Governo João da Costa/PT em 2011.

4) Essa tentativa da atual gestão de reescrever a História é não só um desrespeito grave com as gestões anteriores comandadas pelo Partido dos Trabalhadores, como é também um desrespeito ao próprio povo do Recife, especificamente à juventude de nossa cidade que participou das conferências anteriores e construiu propostas para serem implementadas pela prefeitura.

5) Mas os problemas na conferência não param aí. Grave também é o fato do Conselho Municipal de Juventude que foi eleito em março de 2014 e que deveria estar a frente da organização da conferência ainda não foi sequer empossado, nove meses após a eleição dos representantes da sociedade civil.

6) Causa estranheza também o fato de não ter sido divulgado até então o regimento interno da conferência, nem sua programação. O que traz dúvidas sobre qual o tipo de diálogo que a prefeitura pretende ter com a juventude neste espaço.

7) As duas conferências de juventude realizadas pelas administrações do PT no Recife foram processos democráticos que contaram com a ampla participação da juventude desde sua convocação e construção. O que se refletiu na participação de mais de 1500 jovens na 1ª conferência em 2008 e mais de 900 jovens na 2ª conferência em 2011, ambas antecipadas com a realização de pré-conferências em todas as RPAs (Regiões Político-Administrativas) da cidade.

8) Esta nova conferência é de fato inovadora pelo seu formato completamente verticalizado que excluiu a juventude de sua elaboração e construção, ainda mais surpreendente após a jornada de junho onde a juventude ocupou as ruas exigindo mais transparência e participação.

9) Por tudo isto, a Juventude do PT repudia a forma antidemocrática como foi convocada e está sendo construída esta conferência e a falta de diálogo com as organizações de juventude. Entendemos que uma conferência deve ser o ápice do diálogo entre a gestão e a sociedade civil, mas infelizmente nesta gestão a própria conferência é resultado do autoritarismo da Prefeitura da Cidade do Recife.


Secretaria Estadual de Juventude do Partido dos Trabalhadores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.