Notícias




sábado, 7 de fevereiro de 2015

"Nadando em dinheiro", Geraldo Júlio reconhece renúncia de R$ 5,4 bilhões em créditos tributários no Balanço entregue ao Tesouro Nacional


O prefeito Geraldo Júlio e sua equipe de financistas e tributaristas têm propagado, através de sua assessoria de imprensa, em blogs patrocinados pela Prefeitura, a excelência de sua gestão em arrecadar. Entretanto, as últimas notícias dando conta de que a Prefeitura do Recife se encontra com os pagamentos de seus fornecedores atrasados, em especial com relação a empresas fornecedoras de mão-de-obra terceirizada e que sequer consegue concluir obras como a da Via Mangue, por falta de valores que não chegam a 5% do valor total dessa obra nos fazem questionar a veracidade da tão alardeada eficiência da máquina arrecadatória do prefeito do Recife.

Em entrevista à Rádio Jornal, o representante dos prestadores de serviços terceirizados de limpeza urbana, a prefeitura do Recife e o governo do Estado estão devendo a mais de 30 empresas contratadas há pelo menos 5 meses e provavelmente não receberão salários a partir do próximo mês:



O que causa estranheza, além da contradição entre a propaganda institucional e a denúncia relativa aos atrasos de pagamentos a fornecedores e nas obras da atual gestão, é a análise do balanço anual, referente ao ano de 2013, registrado pelo Prefeito Geraldo Júlio, no Sistema de Informações Contábeis  e Fiscais do Setor PúblicoBrasileiro, o Siconfi, onde, apesar de a Dívida Ativa tributária aparecer totalizando  5.529.059.311,08, desse valor, apenas 80.762.144,23, aparecem como Ativos realizáveis a longo prazo, já que nada menos que  R$ 5.461.604.787,49 seriam Ajuste de Perdas de Créditos a Longo Prazo, ou seja, Geraldo Júlio afirma que quase a totalidade da  Dívida Ativa do Recife é imprestável ou "crédito podre". Com base em que o balanço de Geraldo Júlio condena ou renuncia a praticamente toda a Dívida Ativa do Município do Recife? Perguntas que já deveriam ter sido feitas pelo Tribunal de Contas e pelo Ministério Público e respondidas pelo Prefeito e seus assessores, todos tão competentes.





1.2.1.0.0.00.00 - Ativo Realizável a Longo Prazo    80.762.144,23
 
1.2.1.1.0.00.00 - Créditos a Longo Prazo    72.139.695,59
 
1.2.1.1.1.00.00 - Créditos a Longo Prazo - Consolidação    71.928.545,12
 
1.2.1.1.1.01.00 - Créditos Tributários a Receber    0,00
 
1.2.1.1.1.02.00 - Clientes    17.809,00
 
1.2.1.1.1.03.00 - Empréstimos e Financiamentos Concedidos    0,00
 
1.2.1.1.1.04.00 - Divida Ativa Tributaria           5.529.059.311,08
 
1.2.1.1.1.05.00 - Divida Ativa não Tributaria    4.456.212,53
 
1.2.1.1.1.99.00 - (-) Ajuste de Perdas de Créditos a Longo Prazo 5.461.604.787,49
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.