Sindicato dos Rodoviários solicita providências urgentes ao Governador Paulo Câmara contra violência e alerta para possibilidade de paralisação



A exemplo dos trabalhadores do sistema de transporte Metroviário, temendo a violência que tem sido comum nas estações do Metrô do Recife e Região Metropolitana, especialmente em dias de jogos de futebol e no período momino, quando as depretações de ônibus são frequentes, ponto em risco motoristas cobradores e passageiros, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários Urbanos de Passageiros do Recife e Regiões Metropolitanas, Mata Sul e Norte de Pernambuco - STTREPE também teme pela incolumidade de seus representados, em razão da falta de controle que o governo do Estado tem demonstrado sobre a Segurança Pública em Pernambuco, por tal razão, o órgão de classe encaminhou ofícios solicitando ao Governador Paulo Câmara que se manifeste sobre a situação e que ainda determine à Secretaria de Defesa Social que passe a tomar todas as medidas necessárias à garantia da segurança de seus trabalhadores, o que representa, também, a garantia de segurança para os usuários do transporte coletivo de passageiros em nosso Estado, vez que o Sindicato tem atuação bastante abrangente.


O STTREPE expediu ofícios de mesmo teor, ainda, ao Procurador-Geral de Justiça, Carlos Guerra, ao Procurador-Chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da 6ª Região, Laízio Pinto e ao presidente do Consórcio Grande Recife, Francisco Papaleo.

O Sindicato, segundo os ofícios expedidos, não descarta a possibilidade de paralisação da categoria, acaso as medidas de segurança indispensáveis à proteção de seus representados não sejam tomadas pelo governo do Estado e demais órgãos competentes.











Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"