Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Detran-PE combate pestes sem licitação

Imagem
O DETRAN de Pernambuco segue com sua política de preferir dispensar e inexigir licitações, como forma de escolher as empresas com as quais vai contratar. Desta feita, a empresa agraciada com um contrato sem licitação foi a HRCR Serviços LTDA - EPP, que aparece na JUCEPE como pertencente aos empresários Helio Ricardo Martins Ribeiro e Cláudia Rodrigues Moreira.


O empresário Helio Ricardo, que é mais conhecido como NIK NAK, aparece em vários eventos sociais ao lado do Diretor Presidente do DETRAN, que assinou a Dispensa de Licitação com a HRCR, confiram:














Justiça suspende Concurso para Delegado de Polícia de Pernambuco por suspeita de fraude

Imagem
Por decisão do Juiz da Segunda Vara da Fazenda Pública da Capital, Dr. Évio Marques, o conscurso público para o cargo de Delegado da Polícia Civil de Pernambuco acaba de ser suspenso. Um dos motivos acatados pela Justiça para suspender o certame foi a prisão de uma quadrilha suspeita de fraudar concurso da Guarda Municipal de Ipojuca, também realizado pela mesma entidade contratada pelo governo de Pernambuco para a promoção do concurso de Delegado, para o que não fora respeitada a participação obrigatória da OAB na Comissão organizadora, dentre outras irregularidades apontadas pela autora da ação, Rochely de Oliveira Torres. Em sua decisão, o Juiz chega a afirmar que "há fortes indícios que concursos organizados pela IAUPE apresentam irregularidades na sua condução, em especial por não ter sido garantida a segurança necessária à lisura de tais concursos. Importa destacar que, acostado à exordial, se encontra um CD - devidamente analisado por este juízo - através do qual é demonst…

MPF obtém bloqueio de bens de diretores da Compesa e construtoras Queiroz Galvão e Galvão Engenharia

Imagem

Por contrato igual ao assinado por Geraldo Júlio com Edacom, ex-prefeito e ex-secretário de Jaú foram condenados por improbidade administrativa

Imagem
"NÉ BRINQUEDO NÃO!"


Ontem revelamos que o prefeito Geraldo Júlio, por intermédio de sua secretaria de Educação, contratou a empresa EDACOM para fornecer brinquedos pedagógicos da marca "LEGO", para a Rede Municipal de Ensino e que esse contrato chega a R$ 25,9 milhões, dos quais R$ 6,7 milhões já teriam sido desembolsados, segundo empenhos disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura.

Um vídeo veiculado pela repetidora da Rede Globo, no Rio Grande do Sul e reproduzido aqui no Blog, mostrou o oferecimento de propina por parte de um representante da EDACON, para que seus produtos fossem adquiridos por prefeituras. Várias denúncias de contratações irregulares da EDACON, já estão sendo investigadas e sendo alvo de ações civis públicas por parte do Ministério Público em diferentes estados da Federação, inclusive com condenações já registradas.

Nosso Blog teve acesso a decisão proferida pela Justiça paulista, condenando o ex-prefeito de Jaú, Osvaldo Franceschi e o e…

Prefeitura do Recife comprou por R$ 25,9 milhões, brinquedos pedagógicos de empresa denunciada em esquema de corrupção com prefeituras gaúchas e paulistas

Imagem
EXCLUSIVO

Por meio de uma inexigibilidade de licitação, a secretaria de Educação do Prefeito Geraldo Júlio, contratou a empresa EDACOM Tecnologia de Sistemas de Informática Ltda, com sede em São Caetano do Sul, para fornecer brinquedos pedagógicos e assistência tecnológica para a Rede Municipal de Ensino. 

Apesar da situação caótica em que se encontram as escolas municipais, já denunciada inclusive pelo SINPERE, Sindicato dos Professores do Município do Recife, que chegaram a enfrentar falta de vagas por inoperância da gestão Geraldo Júlio, que foi cobrado pela Promotoria de Defesa da Educação, por deixar centenas de crianças fora da sala de aula, em seu governo, o prefeito Geraldo Júlio não hesitou, por meio de sua secretaria de Educação, em firmar um contrato de nada menos que R$ 25,9 milhões (Contrato nº 359/2013), com a representante da LEGO, a EDACOM, para fornecimento dos mencionados brinquedos de robótica educacional, tendo, inclusive já efetuado o pagamento de mais de R$ 6,7 mil…