Notícias




quinta-feira, 7 de maio de 2015

EXCLUSIVO: SEDUC de Geraldo "erra" nas contas e compra 52 mil licenças pra apenas 16 mil tablets

Em mais uma Inexigibilidade de Licitação multimilionária, o prefeito Geraldo Júlio, do PSB do Recife decide adquirir nada menos que 56.100 licenças para uso de um software educacional, o APRIMORA. O problema, porém, é que os assessores do prefeito não estão conseguindo justificar de onde tiraram tais valores, uma vez que, conforme amplamente divulgado pela própria Prefeitura, o número de tablets adquiridos pela gestão, a serem distribuídos entre os alunos da Rede Municipal de Ensino é de apenas 16 mil unidades.


Ainda que se somassem os 5 mil notebooks ultrafinos que o prefeito prometeu distribuir aos professores da Rede, em promessa jamais cumprida, conforme comprovam dados do Portal de Compras da própria prefeitura do Recife, onde se confirma que a licitação para a aquisição dos notebooks para os professores foi cancelada por "deserção", nem assim se chegaria perto da quantidade de licenças adquiridas por Geraldo Júlio à empresa GM Quality, representante da Positivo e que vendeu o Aplicativo APRIMORA por nada menos que R$ 11.220.00,00, à Secretaria de Educação de Geraldo Júlio. Ocorre que a simples leitura da justificativa de preço assinada pelo secretário Rogério Morais deixa claro que das 56.100 licenças, 52 mil seriam destinadas aos tablets dos alunos (que são apenas 16mil, repita-se) ao passo que para os computadores jamais adquiridos para os processores, foram compradas 4.100 licenças. 

A justificativa para a compra das 56.100 licenças foi assinada pelo Secretário Executivo de Gestão Pedagógica, Rogério de Melo Morais e que deveria muito bem saber a quantidade de equipamentos onde essas licenças seriam instaladas, bem como caberia ao secretário de Educação Jorge Luis Miranda Vieira ter conhecimento dos números de sua Pasta, o mesmo devendo ser exigido do Prefeito Geraldo Júlio sobre os contratos que assina (trecho censurado pela juíza da 15ª Vara Cível do Recife na Ação Nº 0023782-77.2015.8.17.2001).



Até quando o povo do Recife vai bancar essa farra com o dinheiro da Educação enquanto assiste o sucateamento das escolas municipais?






(Post editado em 30/11/2015 por decisão da juíza da 15ª Vara Cível do Recife na Ação Nº 0023782-77.2015.8.17.2001, que censurou o Blog).

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.