Sindicato denuncia prática antisindical e antidemocrática por parte da direção do Detran e do Secretário André de Paula



QUEREM CALAR A VOZ DO SINDETRAN


Não é de estranhar a atitude da presidência do DETRAN-PE na pessoa do Sr. Charles Ribeiro e do secretário das cidades André de Paula em querer intervir na organização sindical, emitindo ofício como se tivesse efeito de decreto ou lei.
Esqueceram de ler a Súmula n° 677 do STF e também o mandado de segurança n° 930.901- Paraná, cujo impetrado é o governador do Paraná quando diz "TAMBÉM NÃO PROSPERA A ALEGADA FALTA DE LEGITIMIDADE DO SINDICATO IMPETRANTE PARA POSTULAR O DIREITO DOS SERVIDORES REPRESENTADOS NA AÇÃO, POR AUSÊNCIA DE REGISTRO SINDICAL. NA LINHA DA ORIENTAÇÃO TRAÇADA PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL É SUFICIENTE O REGISTRO DA ENTIDADE SINDICAL NO CARTÓRIO DE REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS, NÃO SENDO NECESSÁRIO SEU REGISTRO PERANTE O MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO".
Afirmamos que Pernambuco vive um tempo de desejo do retorno as senzalas quando desembargadores decidem contrariando a boa fumaça democrática.
Alertamos que os dirigentes do DETRAN hoje foram formados na escola política daquele que viveu e locupletou-se nos calabouços da ditadura militar, Marco Maciel e aprendeu a calar a voz do povo para desta forma ninguém tomar conhecimento dos desmandos com o dinheiro público.
Era com esta prática que eles afirmam que corrupção só existe há 10 anos no Brasil.
Afirmamos que lutaremos incansavelmente por nossos direitos e conquistas, principalmente da democracia.
A LUTA É PERMANENTE!!!

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

PAULO CÂMARA INSISTE EM EXPULSAR POLICIAIS MILITARES QUE DEFENDEM CATEGORIA, MAS PROTEGE CORONEIS DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO INVESTIGADOS POR DESVIOS PARA CAMPANHAS DO PSB

VÍDEO DO ALOJAMENTO DOS POLICIAIS MILITARES EM GOIANA/PE DENUNCIA CONDIÇÕES SUBUMANAS NA PM, ENQUANTO PAULO CÂMARA GASTA MILHÕES COM MOTOS DA "GRIFE" BMW

CORRUPÇÃO: PERNAMBUCANA SERTTEL, RESPONSÁVEL POR CONTRATOS DOS "AMARELINHOS", DAS CICLOFAIXAS, COMPARTILHAMENTO DE BIKES E OPERAÇÃO DOS SEMÁFOROS DO RECIFE É ALVO DE DELAÇÃO PREMIADA NO PARANÁ E SÓCIOS SÃO DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO. EMPRESA TEM CONTRATOS MILIONÁRIOS COM A PREFEITURA DO RECIFE E O ESTADO DE PERNAMBUCO