Falando como novo Superintendente, JP destaca orçamento de R$ 1,3 bilhões e reforma do prédio da SUDENE



O superintendente da Sudene, João Paulo, afirmou que a sua gestão à frente da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste vai priorizar, neste primeiro momento, o financiamento de R$ 1,3 bilhão ainda disponível no orçamento do FDNE deste ano, a ser aplicado em empreendimentos que venham a se instalar na Região Nordeste. Esse valor irá “alavancar R$ 650 milhões de contrapartida, gerando um total de R$ 2 bilhões de investimentos no Nordeste em um momento de crise”, enfatizou o superintendente.

A finalidade do FDNE é assegurar recursos para a realização de investimentos na área de atuação da Sudene em infraestrutura e serviços públicos e em empreendimentos produtivos com grande capacidade germinativa de novos negócios e novas atividades produtivas. Entre os empreendimentos financiados pelo FDNE estão o Polo Automotivo Jeep (Goiana/PE) e a Transnordestina, cuja participação do Fundo correspondem a R$ 1,9 bilhão e R$ 3,8 bilhões, respectivamente. O orçamento anual do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste vem girando em torno de R$ 2 bilhões.

João Paulo afirmou que vai priorizar, também, o cuidado com as pessoas, como fez quando foi prefeito do Recife. Isso inclui um esforço concentrado na recuperação do Edifício Sudene. Ele ressaltou a importância política e histórica do prédio, e que, inclusive, vai retomar o processo de tombamento pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Os jardins do Edifício foram projetados pelo paisagista Burle Max há cerca de 40 anos e conta com mais de 60 tipos de plantas. O edifício ocupa uma área de 7,6 ha, que abriga o edifício-sede, anexos, estacionamentos e jardins.


O superintendente da Sudene acredita que as obras de recuperação do prédio acontecerão com a brevidade necessária, uma vez que a Justiça permitiu a contratação em ritmo de emergência, na forma de dispensa ou inexigibilidade de licitação. A Autarquia ocupa 25% do Edifício, enquanto o TRT, IBGE e Ministério da Saúde ocupam, respectivamente, 35%, 11% e 10%, além das outras 10 entidades que compõem o Condomínio.

* Com conteúdo da ASCOM/SUDENE

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio