COREN LANÇA NOTA REPUDIANDO SITUAÇÃO DE CALAMIDADE DA SAÚDE PÚBLICA DE PERNAMBUCO



O Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE), vem por meio desta nota, MANIFESTAR para todos os Profissionais de Enfermagem, bem como para a população do Estado de Pernambuco, a sua indignação com a atual situação de calamidade e descalabro que está submetida a saúde pública deste Estado.

Avaliando como postura inadmissível, não aceitamos o cenário aterrador a que os Profissionais de Enfermagem vêm sendo submetidos diariamente devido a precariedade dos vínculos, sobrecarga de trabalho, falta de equipamentos de proteção e insumos básicos para o atendimento dos pacientes, baixos salários, desvalorização profissional, além dos recorrentes atrasos de pagamentos relativos aos plantões extras, prejudicando, sobremaneira, toda a nossa categoria na prestação do serviço adequado à população.

Nesse sentido, não podem a população e as categorias de enfermagem sofrerem com a desídia da Administração Pública, transformando o atendimento a sociedade em um verdadeiro pandemônio!


Assim, através desta nota, manifestamos nosso REPÚDIO com a atual situação em que se encontra a saúde de nosso Estado, assegurando a população e aos Profissionais de Enfermagem que serão envidados todos os esforços para buscar e exigir, de forma incessante, junto às autoridades competentes a plena e definitiva resolução dos problemas caóticos da saúde em Pernambuco.

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"