MARILIA ARRAES QUESTIONA O SILÊNCIO DA "NOVA POLÍTICA" SOBRE OPERAÇÃO "FAIR PLAY" DA PF EM CONTRATO DA ARENA PERNAMBUCO



O silêncio da “Nova Política”
POR MARILIA ARRAES, VEREADORA DO RECIFE
Na última sexta-feira, Pernambuco acordou com a Polícia Federal deflagrando mais uma etapa da Operação Lava-Jato. Desta vez, o desdobramento, denominado de Operação Fair Play, cravou os dentes na "Nova Política": o alvo da PF foi o nada republicano contrato que permitiu a construção da Arena Pernambuco.
No miolo da sujeirada toda, superfaturamento, irregularidades e fraude. No olho do furacão, dois nomes da tropa de elite desse PSB covarde e retrógrado dos últimos tempos: o prefeito Geraldo Julio e o governador Paulo Câmara.
Quando secretários de Estado, Geraldo e Paulo eram os todo-poderosos do Comitê Gestor das Parcerias Público-Privadas do governo do Estado. Foram eles que, na condição de presidente e vice do órgão, não apenas trouxeram à tona a proposta de construção do equipamento esportivo como aprovaram a abertura de licitação. O resto virou crônica policial.
Não é nada bom para Pernambuco que a PF tenha vasculhado gabinetes e escritórios de órgãos do governo do Estado, como a Secretaria de Planejamento e Gestão - onde o atual prefeito deu expediente durante quase seis anos. Mas há algo ainda mais grave: o silêncio absoluto dos dois homens que detêm os cargos mais importantes do Estado. Nada. Nem uma palavra.
Não dá para considerar como resposta a nota enviada à imprensa, com alegações automáticas e costumeiras à guisa de justificar o injustificável. Mas, nada nos surpreende, pois este “mergulho” faz parte do modus operandi da “Nova Política”: silenciar para ver se o assunto esfria.
Também nada falaram expoentes novos e velhos deste amontoado de raposas que se tornou o PSB, além de seus aliados. Nada. Muitos dos quais foram financiados por empreiteiras investigadas na Lava-Jato.

O povo do Recife exige uma resposta do prefeito. O povo de Pernambuco exige uma resposta do governador. É o mínimo que essa política do nada pode fazer.

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio