Notícias




quarta-feira, 9 de setembro de 2015

A ESCOLINHA DO PROFESSOR DUDU



Quando o presidente da ALEPE, Guilherme Uchoa, processou o Diário de Pernambuco para censurar aquele jornal, o então governador do Estado e aliado de Uchoa, Eduardo Campos, dada a repercussão local e para além das fronteiras, altamente negativa da medida, apressou-se em aconselhar o aliado que recuasse e ainda declarou publicamente que se orgulhava de jamais, em toda a sua vida, ter processado um jornalista. Ontem tivemos a notícia de que seu irmão, Antônio Campos, pré-candidato a prefeito de Olinda e sua criatura, o atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara, num ato que parece até orquestrado entre ambos, resolveram processar o articulista e cientista político Michel Zaidan, por conta de artigos publicados por este citando referidas figuras públicas, neófitas na política, é bem verdade, mas ainda assim públicas numa clara tentativa de intimidar o professor, profissão principal da vítima da fúria dos dois poderosos indignados. 

Zaidan escreveu artigos muito mais duros contra Eduardo Campos, quando este ainda governava o Estado e com mãos de ferror, do que os dois que escreveu citando os que ora se pretendem herdeiros políticos do ex-governador. Entretanto, talhado e preparado para a vida pública desde a mais tenra idade, Eduardo jamais processou Zaidan, pois sabia que mover processos e ainda mais à toa, contra formadores de opinião, é vitimizá-los, é superestimar a crítica e passar à opinião pública a imagem de antidemocrata e de "queixo de vidro" para enfrentar adversidades.


Logo em suas estreias, o governador Paulo Câmara e o prefeiturável Antônio Campos já demonstram ser os piores alunos da Escolinha do Professor Dudu. Por enquanto, Geraldo Júlio nada de braçadas com corpos de distância à frente dos concorrentes.

SAIBA MAIS:




Um comentário:

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.