Notícias




segunda-feira, 14 de setembro de 2015

CAOS NA EDUCAÇÃO DE GERALDO JÚLIO NA MIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO




A Promotora de Justiça Eleonora Rodrigues, da 28ª Promotoria de Justiça da Capital, com atuação em defesa do Direito Humano à Educação, instaurou dois Inquéritos Civis Públicos para apurar graves irregularidades na gestão Geraldo Júlio, em razão da falta de vagas nas escolas municipais e das más condições físicas de uma creche municipal, o que fere dispositivos do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Muito embora o prefeito faça alarde de que a Educação é prioridade em sua gestão, as graves denúncias que chegam todos os dias às promotorias de Justiça d Capital, envolvendo sua Secretaria de Educação, comprovam justamente o contrário. Nada mais absurdo e inaceitável do que em pleno século XXI, alunos ficarem fora de salas de aula, por falta de vagas em razão da falta de planejamento da gestão municipal. É inconcebível, ainda, que a prefeitura promova a imagem de uma gestão moderna fazendo estardalhaço pela inauguração de um único CMEI, como ocorreu na semana passada com a inauguração do CMEI Eduardo Campos, quando a realidade da Rede é bem outra, a ponto do MPPE ter que instaurar inquéritos para obrigar o prefeito a recuperar as creches já existentes, como é o caso da Creche Municipal Casinha Azul, na Iputinga. Seguem as portarias, publicadas no Diário Oficial de 12/09/2015, pág. 22:






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.