JUÍZA REJEITA QUEIXA-CRIME DE EMPREITEIRA QUE TENTAVA CALAR BLOGUEIRA NOELIA BRITO


A Juíza Maria Margarida de Souza Fonseca, do 2º Juizado Criminal da Capital, rejeitou a Queixa-Crime ajuizada pela empresa Moura Dubeux, uma das sócias do Novo Recife e que figura entre as doadoras de campanha do atual prefeito do Recife, Geraldo Júlio, do PSB, em decisão datada de 02 de junho de 2015, da qual a blogueira foi intimada somente hoje (26/09).

A magistrada decidiu assim: "Diante dos elementos trazidos à análise, rejeito a queixa-crime de fls. 23/26, e de conseguinte, determino-lhe o arquivamento."

A empreiteira foi personagem de recente matéria produzida pelo Portal Marco Zero onde foi revelado o modo com que um de seus diretores costuma tratar magistrados e autoridades. Vejam a matéria bastante elucidativa da Marco Zero:


"Quase uma década depois, a medida cautelar inominada 0012548-03.2006.4.05.8300, classe 148, deixou de ser notícia para se tornar um valioso documento que atesta o modo como os empresários da construção civil exercem o poder sobre as autoridades e dá a exata medida de até onde vai sua disposição.
Ao redigir seu despacho o juiz Ourem enumerou cada informação. A sequência que vai do item 21 ao 34 talvez ajude a explicar tanto o silêncio da mídia quanto a aura de lenda adquirida pela sentença. Em 13 parágrafos, o magistrado relata, com riqueza de detalhes, como o empresário Gustavo Dubeux, sócio da Moura Dubeux, uma das maiores construtoras do Nordeste, o pressionou e o ameaçou, como no item 31:
“A resposta que tive foi a de que ele possuía muitos meios, pois era uma pessoa de forte influência política em vários setores da sociedade pernambucana, e que me faria sofrer o peso das suas relações sociais.”

Felizmente, para nós que teimamos em exercer nossa cidadania, em uma cidade onde ser cidadão é um crime de lesa-empreiteiros, esses senhores que se arvoraram, com a cumplicidade dos inquilinos do poder, de donos e senhores do espaço urbano, diante de juízes como a Dra. Maria Margarida de Souza Fonseca e o Dr. Helio Ourem, ainda podemos dizer a velha frase do moleiro que ousou confrontar o rei da Prússia: "Ainda há juízes em Berlim".

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio