Notícias




segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Arvo Part - De Profundis (Salmo 130) - Em respeito ao Dia dos Fiéis Defuntos







Das Profundezas, Salmo 130



Das profundezas clamo a ti, ó Senhor;

Ouve o meu grito! Que teus ouvidos estejam atentos

ao meu pedido por graça!

Se fazes conta de minhas iniquidades, Senhor, quem poderá se manter?

Mas contigo está o perdão, tenho esperado por ti, ó Senhor, por causa de teu nome.

Minha alma espera, confiando na tua palavra:

Minha alma tem esperança no Senhor,

De manhã até a noite; que Israel possa ter esperança no Senhor do alvorecer ao anoitecer.

Pois a misericórdia está na mão do Senhor, e nele se encontra redenção em abundância;

Ele vai resgatar Israel de todas suas iniquidades.



De Profundis, Salmo 130 (latim)



De profundis clamavi ad te, Domine;

Domine, exaudi vocem meam. Fiant aures tuæ intendentes

in vocem deprecationis meæ.

Si iniquitates observaveris, Domine, Domine, quis sustinebit?

Quia apud te propitiatio est; et propter legem tuam sustinui te, Domine.

Sustinuit anima mea in verbo ejus:

Speravit anima mea in Domino.

A custodia matutina usque ad noctem, speret Israël in Domino.

Quia apud Dominum misericordia, et copiosa apud eum redemptio.

Et ipse redimet Israël ex omnibus iniquitatibus ejus.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.