MINISTÉRIO PÚBLICO NOTIFICA GESTÃO GERALDO JÚLIO PARA COMPROVAR DEVOLUÇÃO, PELA PCR, DE RECURSOS DESVIADOS DE FUNDO DA PROCURADORIA


Sem alarde, a promotora Andrea Padilha, da 44ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação na Defesa do Patrimônio Público, notificou, no final do ano passado, a gestão Geraldo Júlio, através de seus órgãos jurídicos, para que comprove o cumprimento do Acórdão TC nº 1390/14, do TCE, informando àquela Promotoria, "se o imóvel localizado na Rua Montevideu, nº 220, já se encontra em utilização, e qual a sua destinação" devendo, ainda, comprovar, documentalmente, "a recomposição à conta do Fundo Municipal de Incremento de Arrecadação da Dívida do Município do Recife dos valores pertinentes às despesas efetuadas com desvio de finalidade."

O Acórdão em referência acatou denúncia formulada por esta Blogueira, tanto ao TCE - que foi acatada à unanimidade, pela Corte de Contas, para a qual, inclusive, o Ministério Público vinculado àquela Corte, sugeriu nota de improbidade contra os responsáveis, quanto ao MPPE. Leia as denúncias aqui e aqui.


SAIBA MAIS:

GERALDO JULIO VENDE PATRIMÔNIO PÚBLICO ENQUANTO PAGA ALUGUEIS MILIONÁRIOS EM PRÉDIOS DE LUXO




Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"