CANDIDATO "RIQUINHO" AO QUINTO DO TRT6 ESTARIA AMEAÇANDO ELEITORES COM RETALIAÇÕES


O Blog tem recebido algumas denúncias, em reserva, de que determinado candidato ao Quinto Constitucional do TRT da Sexta Região, na vaga destinada aos advogados, no afã de chegar ao topo da lista dos mais votados, estaria ameaçando aqueles escritórios e presidentes de Subseccionais da OAB, que não apoiam sua candidatura, tida por "chapa branca", com ameaças de retaliações por intermédio de instituições onde sabidamente detém forte influência.

De acordo com fontes ouvidas pelo Blog, o candidato, que já teria se indisposto com boa parte dos desembargadores do TRT, dada sua postura sempre arrogante, nutre a ilusão de que sendo o primeiro da lista, imporia seu nome ao colegiado e até à presidência da República, se conseguisse ser o primeiro da lista sêxtupla, que é escolhida pelos próprios pares, entretanto, quem conhece o funcionamento das votações desse tipo de lista, vai lembrar que o ex-presidente da OAB/PE, Pedro Henrique Reynaldo, na época procurador do Estado e tido como franco favorito, inclusive do entã governador Jarbas Vasconcelos, foi preterido pelo colegiado dos desembargadores do TJPE, que preferiu escolheu, como primeiro colocado, na Lista Tríplice, o então procurador do Município, Dr. Cândido Saraiva, uma excelente escolha, por sinal. 

Em audiências com procuradores e advogados, ao expor os motivos de sua candidatura, o indigitado postulante tem justificado sua pretensão em ser desembargador como mera veleidade. Segundo os que já participaram de suas palestras, o dito cujo afirma abertamente que está rico, nada mais podendo esperar da advocacia, então, por que não ser desembargador? É isso!

Comentários

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"