PF deverá auxiliar nas investigações sobre a misteriosa morte de policial que fazia denúncias contra Aécio Neves, em Minas




Em Nota à Imprensa divulgada ontem em seu site, o Ministério da Justiça comunica que solicitou à Polícia Federal que preste total apoio na apuração dos fatos relacionados com a morte repentina do policial civil Lucas Gomes Arcanjo, ocorrida no último final de semana, em Minas Gerais.

Lucas Arcanjo prestou depoimento à Corregedoria da Polícia
Civil de Minas Gerais sobre as denúncias contra o senador
Aécio Neves
Lucas Arcanjo se notabilizou por gravar depoimentos em que fazia pesadas acusações contra o senador e ex-candidato à presidência da República, pelo PSDB, Aécio Neves, dentre as quais a de que aquele político mineiro teria envolvimento com o narcotráfico, lavagem de dinheiro e corrupção em seu Estado de origem (veja aquiaqui e aqui).


SAIBA MAIS

Lucas Arcanjo, policial que denunciou Aécio, é encontrado morto em BH; a versão oficial é de suicídio, mas não se descarta retaliação

http://www.viomundo.com.br/denuncias/policial-que-denunciou-aecio-e-encontrado-morto-a-versao-oficial-e-de-suicidio-mas-nao-se-descarta-retaliacao.html


Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"