Notícias




sábado, 16 de abril de 2016

DESCORTINADO O GOLPE, O QUE VEMOS SÃO CORRUPTOS EM BUSCA DE IMPUNIDADE



“Os verdadeiros homens e mulheres de Pernambuco só se curvam para agradecer. Pernambuco é a terra de Frei Caneca. Ele dizia que quem bebia na caneca dele tinha sede de liberdade. Sou da terra de Gregório Bezerra, que lutou pela democracia. Sou da terra de Josué de Castro que colocou a fome no mapa do mundo”, foi com essas palavras que o deputado federal Sílvio Costa, do PT do B, iniciou seu discurso contra o golpe travestido de “impeachment” que o réu por corrupção, Eduardo Cunha, juntamente com o delatado na Lava-Jato, Michel Temer, tramam contra nossa democracia.

As palavras de Sílvio Costa calam fundo na alma do povo pernambucano que vê os parlamentares da Bahia, do Ceará e do Maranhão se irmanarem contra o golpe que se pretende perpetrar contra a democracia brasileira, enquanto a maior parte dos deputados de Pernambuco, Estado que mais benesses, investimentos e privilégios recebeu dos governos Lula e Dilma, mancomunam-se com corruptos golpistas, que nada mais querem que tomar o poder de assalto, para colocar uma pedra sobre as investigações de seus crimes, alvo que são de vários inquéritos e processos criminais, por corrupção, formação de quadrilha e lavagem de capitais.

Jornais do mundo inteiro estampam, horrorizados, manchetes denunciando o golpe urdido pela caterva de malfeitores, que apesar de seus crimes de lesa-pátria, ousam vestir as cores da nossa bandeira, como se estivessem a defender a Pátria, quando, na verdade, nada mais fazem que defender seus próprios pescoços da incidência das operações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, entre elas e principalmente, da Lava-Jato. Querem justiça? É evidente que não! Querem impunidade para seus crimes, que acreditam será garantida por um governo comandado por corruptos e investigados pela Lava-Jato, como eles próprios.

Não se trata, portanto, da defesa de um Partido ou de um governo, cujos erros e defeitos devem ser apontados e criticados, como, aliás, deve ser em qualquer governo democrático, mas da defesa da própria Democracia, que se vê brutalmente ameaçada quando cleptocratas se unem para derrubar quem não atendeu a suas exigências de interferência nos trabalhos da Polícia Federal, para que, com isso, possam perseverar em suas compulsões delitivas, contra o povo brasileiro, vítima daqueles que assaltam suas riquezas e seu Erário desde o “descobrimento” da “Terra Brasilis”.

Ingênuo quem acredita que o Chefe do Poder Executivo não tem poder para barrar investigações. Suficiente não aportar recursos para que a realização das Operações policiais possa ser ultimada. Quanto custa para o Estado brasileiro cada uma das Operações realizadas pela Polícia Federal, onde centenas de policiais são deslocados de vários Estados da Federação, a cada Operação, como forma de garantia de seu sigilo e eficiência?

Tomemos como exemplo o sucateamento proposital, em Pernambuco, por gestores sabidamente ligados ao sempre impune PSB, às promotorias de combate à corrupção e ao GAECO e teremos uma rasa noção dos danos que um gestor descompromissado com o combate aos roubos ao Erário pode causar (confira AQUI)

O New York Times estranhou que “Honesta, Dilma pode ser afastada por criminosos”. O alemão “Der Spiegel” fala claramente em um golpe em andamento contra nossa democracia: “Adverte-se um golpe frio sobre a democracia brasileira” (confira AQUI).

Impressiona a qualquer pessoa de bom senso que uma presidente contra a qual não pesa nenhuma acusação de corrupção ou crime outro esteja sendo apeada do cargo para o qual foi conduzida pelo voto da maioria do povo brasileiro, por uma gang, esta sim, atolada em processos criminais de toda ordem.

Não se trata de combater a corrupção. Não é esse o móvel do golpe que pretende tirar Dilma para colocar em seu lugar a dupla Temer e Cunha. Trata-se justamente do contrário, de garantir a impunidade para aqueles que já sentem a polícia federal, que com Dilma teve toda a autonomia necessária para investigar e prender corruptos, fungando em seus cangotes criminosos.

Quem não é corrupto, corruptor ou sonegador não pode ser a favor de um golpe patrocinado por criminosos, não apenas investigados, mas já denunciados pelo Ministério Público por corrupção e outros crimes. Se você quer ser a favor desse golpe, pelo menos se assuma como cúmplice dos criminosos que, como lembrou o New York Times, querem afastar a presidente, apesar de sabê-la e reconhecê-la como uma governante honesta.


Diga não ao golpe e proclame aos quatro ventos seu respeito e amor à democracia e à probidade. #NãoVaiTerGolpe! O que vai ter #ÉLuta!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.