PROFISSIONAIS DE SAÚDE DENUNCIAM INSEGURANÇA EM UNIDADES DA PREFEITURA DO RECIFE


Pelas Redes Sociais, profissionais de saúde que trabalham nas unidades de saúde da Rede Municipal de Saúde da Prefeitura do Recife denunciam a situação de insegurança que tomou conta dessas unidades tão logo o Prefeito Geraldo Júlio mandou demitir os vigilantes que faziam a guarda daquelas unidades, substituindo-os por porteiros, cuja remuneração é mais barata. Segue a denúncia:

PRIMEIRO FINAL DE SEMANA SEM VIGILANTE NAS UNIDADES DE SAÚDE DO RECIFE.

No primeiro final de semana sem os vigilantes, unidades registram furtos. Com a saída dos vigilantes que faziam a seguranças das unidades 24 horas, patrimônio material e servidores ficaram vulneráveis e expostos a riscos. Segundo o Prefeito do Recife, os atuais vigilantes da Empresa Águia que faziam a segurança das unidades, seriam substituídos por guardas municipais concursados, mas não foi isso que se viu.


Infelizmente, os atuais vigilantes foram substituídos por porteiros, que trabalham como diaristas, deixando as unidades no período noturno sem nenhuma segurança, além dos sábados, domingos e feriados. Infelizmente tal medida representará maiores prejuízos para o Erário, esperamos que essa medida seja revista e que a normalidade seja retomada, antes que algo pior venha acontecer dentro dos serviços de saúde do município.

Veja a denúncia AQUI

Comentários

  1. Na verdade Noelia, muitos deles tiveram que optar para não ficarem desempregados.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"