Notícias




terça-feira, 28 de junho de 2016

SECRETÁRIO DE GERALDO JÚLIO RESPONDE POR MAIS 5 AÇÕES PENAIS POR CRIMES DE QUADRILHA, FALSIDADE IDEOLÓGICA, E CONTRA A ORDEM ECONÔMICA E TRIBUTÁRIA

O ex-prefeito de Brejo da Madre de Deus, Roberto Asfora (PSDB), ladeado do irmão, irmão, o empresário Cláudio Asfora, nomeado por Geraldo Júlio para a Secretaria Executiva de Habitação da Prefeitura do Recife, em audiência com o governador Paulo Câmara (PSB), acompanhados do deputado federal Anderson Ferreira (PR)

Mais cedo, nosso Blog revelou que o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, nomeou o empresário Cláudio Asfora, investigado pela CPI dos Combustíveis da ALEPE, juntamente com seu irmão, o ex-prefeito de Brejo da Madre de Deus, por integrar a chamada "Máfia dos Combustíveis", que teria se beneficiado de um esquema de concessão de liminares mediante o qual suas distribuidoras sonegariam o pagamento do ICMS.

Das investigações da CPI, restauram ajuizadas ações penais contra o secretário de Geraldo Júlio e seu irmão, uma delas assinada pelo então Procurador Geral de Justiça, Francisco Sales, já que, à época, Roberto Asfora, era prefeito, portanto, possuía foro privilegiado.

Pesquisa realizada no site do TJPE, entretanto, revelou-nos que o atual secretário executivo de Geraldo Júlio, o empresário Cláudio Asfora, só em 2015, ano de sua nomeação para o cargo, teve ajuizadas mais 4 ações penais por crimes que vão de formação de quadrilha, passando por falsidade ideológica, para incluir crimes contra a ordem tributária e econômica. Em 2014, o MPPE ajuizou uma ação penal por crimes contra a Ordem Tributárias.

Foram localizadas, ainda, várias execuções fiscais em tramitação nas Varas dos Executivos Fiscais Municipais do Recife por débitos do IPTU e Taxas Imobiliárias. Confiram:



 







SAIBA MAIS:







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.