TCE NOTIFICA PRESIDENTE DA EMPETUR POR PAGAR SHOWS SEM EMPENHOS


Documento publicado pelo Blog da Folha revela que a  conselheira Teresa Duere, responsável por relatar a Auditoria Especial instaurada pelo TCE/PE, para apurar as denúncias feitas pelos músicos André Rio e Cezzinha, em um grupo do WhatsAPP, de que servidores da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) e Fundarpe estariam cobrando “comissões ilícitas” para que artistas fossem contratados para shows pelo interior do Estado, emitiu um “alerta de responsabilização” à presidente da Empetur, Ana Paula Vilaça, por ter realizado pagamentos de shows sem que, entretanto, os empenhos respectivos tenham sido emitidos previamente.

A Auditoria Especial foi instaurada por representação do Ministério Público de Contas, subscrita pelo Procurador-Geral, Dr. Cristiano Pimentel, no primeiro dia útil após o São João.

Segundo o Blog da Folha, a Auditoria do TCE percebeu que em algumas despesas da atual gestão da Empetur, o pagamento era feito sem que o respectiva empenho fosse emitido previamente, conforme determina “a tríade do gasto público, ou seja, o prévio empenho, a liquidação e a despesa”. Ainda segundo o Blog da Folha, denúncias chegaram ao TCE de que os acertos eram feitos pelo telefone, sem qualquer formalidade e só depois da realização do evento é que se providenciava os empenhos. Pelo menos oito empenhos teriam sido flagrados nessa situação, pela Conselheira Teresa Duere, informa a material do Blog da Folha. (Leia a matéria completa AQUI)


Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Ratatuille: ex-prefeito Vado da Farmácia e ex-secretário Paulinho Valério são alvos de processos criminais e por improbidade por contratos com Casa de Farinha e outras empresas no Cabo movidas pelo MPPE