TRF5 MANTÉM 'LARANJAS" DO PSB NA CADEIA.



Conforme já haviam sinalizado na decisão que negou o Habeas Corpus ao "laranja" Apolo Santana, os desembargadores federais da 2ª Turma decidiram, agora há pouco, manter presos os demais envolvidos no esquema que, segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, teria lavado mais de R$ 600 milhões de recursos desviados de obras e contratos públicos por políticos, empresários e empreiteiras ligados ao Partido Socialista Brasileiro, para campanhas eleitorais e enriquecimento ilícíto.

Mais cedo, os advogados contratados pela defesa de Ventola e João Carlos Lyra haviam substabelecido a defesa para o mesmo advogado que defende o empreiteiro Marcelo Odebrecht, cuja empresa está envolvida nas investihações da Operação Fair Play, que apura fraudes no contrato da Arena Pernambuco, o advogado alagoano Nabor Bulhões, entretanto, a atuação de Bulhões, considerado um "medalhão" na área penal, não foi suficiente para que a liberação de seus clientes, diante da enorme repercussão que o caso tem tido perante a opinião pública não só pelas peculiaridades do caso que vão desde os valores envolvidos, passando pela queda da aeronave que teria sido adquirida com recursos escusos e culminando com a morte susteita de um dos envolvidos no esquema.

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"