Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

VEREADOR ESTEFANO MENUDO, DO PSB, SE ENTREGA E JÁ ESTÁ RECOLHIDO NO COTEL

Imagem
O vereador do Recife, Estefano Menudo, filiado ao PSB, já se encontra recolhido no COTEL, a informação é do Blog da Folha (Leia AQUI).

EM PERNAMBUCO, NENHUM POLÍTICO DE EXPRESSÃO ESCAPA DA DELAÇÃO DA ODEBRECHT, REVELA COLUNISTA DE "O GLOBO"

Imagem
A coluna eletrônica do Lauro Jardim, no Portal "O Globo" acaba de revelar que a delação premiada dos diretores da Odebrecht será simplesmente devastadora para os políticos de Pernambuco. Segundo a nota, que reproduzimos, na íntegra, nenhum político de expressão que não esteja na delação. A nota é assinada pelo jornalista investigativo Guilherme Amado que é um dos colaboradores da Coluna. Leia, na íntegra AQUI.

GOE E DELEGACIA DE CAPTURAS FAZEM OPERAÇÃO PARA PRENDER VEREADOR DO PSB ESTEFANO MENUDO

Imagem
Conforme nosso Blog antecipou, em primeira mão (Leia STJ AUTORIZA PRISÃO DE VEREADOR ESTEFANO MENUDO, DO PSB, POR TORTURA E CONCUSSÃO), o vereador do PSB, Estefano Menudo é alvo, desde as primeiras horas da manhã de hoje, de uma operação do Grupo de Operações Especiais - GOE e da Delegacia de Capturas da Polícia Civil de Pernambuco. 
Fontes ouvidas pelo Blog informaram que Menudo não foi localizado em sua residência, mas a Polícia continua em seu encalço. Advogados do vereador, que é ligado ao prefeito do Recife Geraldo Júlio e ao governador de Pernambuco Paulo Câmara teriam prometido apresentá-lo à justiça ainda hoje.
Estefano Menudo é agente da Polícia Civil e, nessa condição, teria praticado os crimes de concussão e tortura contra um comerciante: "Os réus Estéfano Barbosa dos Santos, (…) agiram com expressiva culpabilidade, tendo se utilizado de cargo público para, através de torturas, exigir e receber vantagens indevidas. Os acusados acima nominados, revelando total descaso c…

TCE divulga diagnóstico sobre OBRAS PARADAS ou INACABADAS em Pernambuco

Imagem
O Tribunal de Contas de Pernambuco divulgou nesta segunda-feira (28) um levantamento com as obras públicas (estaduais e municipais) paralisadas nos 184 municípios do Estado. Os dados foram extraídos das prestações de contas enviadas ao TCE relativas ao ano de 2015. Foram identificados 1.422 contratos com obras paralisadas ou com fortes indícios de paralisação, totalizando aproximadamente R$ 7 bilhões. O diagnóstico foi realizado pelo auditor das contas públicas Pedro Teixeira.
Segundo ele, o TCE pediu explicações por ofício aos gestores sobre as causas da paralisação e as providências que estão sendo adotadas para sua regularização. Pelas respostas enviadas ao Tribunal, existem obras paradas em 123 dos 184 municípios, em 10 órgãos da Prefeitura do Recife, entre eles URB e EMLURB, e em 35 órgãos vinculados ao Governo do Estado.
Essas obras se referem a 991 contratos, orçados em mais de R$ 5 bilhões, dos quais R$ 1,7 bilhão já foram pagos. “Uma obra paralisada ou mesmo concluída, mas sem …

JORNALISTAS DO DIÁRIO E DA FOLHA DE PERNAMBUCO SOFREM ATRASOS DE SALÁRIOS E AMEAÇAS DE PERSEGUIÇÃO

Imagem
Muito embora nenhum jornalista tenha nos procurado ou pedido nosso apoio ou nossa solidariedade, nosso Blog se sente no dever de se solidarizar com os trabalhadores tanto do Diário de Pernambuco, como da Folha de Pernambuco que têm sido vítimas de atrasos de salário, bem como de situações degradantes em suas condições de trabalho, além de ameaças de retaliações por causa de suas justas reivindicações.
Nossa posição em nada se difere, portanto, daquela que temos manifestado com relação aos trabalhadores de forma geral quando vítimas de maus empregadores.
Tomamos conhecimento, por meio de postagens feitas nas redes sociais, pelo SINJOPE, Sindicato que agrega os profissionais de impressa do Estado de Pernambuco, de que esses dois órgãos da imprensa de nosso Estado estariam atrasando salários. Essa situação seria recorrente na Folha de Pernambuco. Já no Diário, o atraso no pagamento foi reportado pela primeira vez, este mês, entretanto, há dois anos, os empregados do mais antigo jornal em c…

GOVERNO TEMER: ENQUANTO O GIGANTE DORME, OS PIGMEUS DA CLEPTOCRACIA FAZEM A FESTA

Imagem
Não há inocentes. Todos que participaram, por ação ou omissão do impeachment da presidenta Dilma são cúmplices da cleptocracia que tomou conta do País, desde que Michel Temer e seus sócios do PMDB tomaram o poder, sem nenhum pudor. Acesse AQUI
Se não existissem os grampos de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, onde as intenções da ORCRIM comandada por Temer, Renan Calheiros, Sarney, Eduardo Cunha e Romero Jucá, para "estancarem a sangria" causada pela Lava Jato, contra sua organização e seus esquemas criminosos, que operam há décadas, até poderíamos ser um pouco condescendentes com "paneleiros" e com aqueles que, em tom raivoso, foram às ruas, vestidos de amarelo, fazendo coro com os mesmos que hoje fazem parte do governo Temer, em cargos estratégicos, para gritar: "Não vamos pagar o pato".
Como dizer que não sabiam que Temer, Renan, Jucá, Sarney, Maia e demais integrantes da ORCRIM, todos delatados na Lava Jato e citados em listas de "doações&…

CONFIRMADO! PAULO CÂMARA E GERALDO JÚLIO INDICIADOS NO STF POR IRREGULARIDADES NO CONTRATO DA ARENA COM A ODEBRECHT

Imagem
RETROSPECTIVA 2016 - MATÉRIA QUE TEVE O 2º MAIOR NÚMERO DE ACESSOS EM 2016
Matéria publicada, hoje, na edição on line da "IstoÉ", assinada pelo jornalista Aguirre Talento, confirma informações que vínhamos, há meses, publicando em nosso Blog, sobre o envolvimento do governador de Pernambuco, Paulo Câmara e do Prefeito do Recife (reeleito), Geraldo Júlio, ambos do PSB, com as irregularidades descobertas, pela Polícia Federal, no âmbito da Operação "Fair Play", na contratação da Odebrecht para a construção da Arena Pernambuco e da empresa Projetec para fiscalização da obra (Relembre em Contrato da Arena Pernambuco com Odebrecht coloca Paulo Câmara e Geraldo Júlio na mira da Lava Jato).
A reportagem revela que ISTOÉ teria tido acesso, com exclusividade, a uma petição sigilosa do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, do último dia 3 de novembro, onde Janot solicita ao ministro do STF, Teori Zavascki, relator da Lava Jato, que seja mantido no Supremo um inquérito …

Sobe para dez o número de escolas estaduais ocupadas no Grande Recife

Imagem
Por: Diario de Pernambuco
Dez escolas estaduais estão ocupadas na Região Metropolitana do Recife em ato político contra a PEC 55, que prevê o congelamento dos investimentos em educação, saúde e assistência social por 20 anos, e contra a Reforma no Ensino Médio. Somente nesta segunda-feira, alunos se mobilizaram e ocuparam as Escolas de Referência em Ensino Médio (Erem) Silva Jardim, no bairro do Monteiro, Professor Alfredo Freyre, em Água Fria, Joaquim Távora, na Madalena, e Joaquim Xavier de Brito, na Iputinga. De acordo com os participantes do movimento, na Iputinga, a Polícia Militar teria tentado entrar na unidade de ensino arrombando cadeados e ameaçando os estudantes. A informação não foi confirmada pela PM.
Além das escolas ocupadas nesta segunda, outras seis já estão fechadas dentro dos atos de protesto contra a Proposta de Emenda Constitucional. São elas: Erem Cândido Duarte, em Apipucos, Erem Martins Júnior, na Torre, Erem Ginásio Pernambucano, em Santo Amaro, Erem Porto Digit…

Chamado em defesa do Cais José Estelita como caso de referência o La Vue - Ladeira da Barra em Salvador.

Imagem
Por Sergio Urt Publicitário e ativista dos Direitos Civis
Minha gente, o que estamos assistindo o que está acontecendo em Salvador é o mesmo que se passa aqui em Recife no caso do Estelita.
Os argumentos para negar a construção acima de 13 andares é o mesmo que constituímos no pedido de tombamento da paisagem realizado e protocolado no IPHAN Nacional, em Brasília, em junho de 2015. Os argumentos das empreiteiras e da prefeitura do Recife é o mesmo, pois alega insegurança jurídica, desemprego, e instabilidade para o estado(pacto federativo). Só que esse argumento já é sabido e constatado nessa simbiose entre os dois empreendimentos, que o "lobby" e o poder público temporário andam juntos. Perceberam a arrogância do Geddel Vieira ao se referir ao Calero, que denunciou suas artimanhas para seu benefício próprio e consequentemente para a empreiteiras
É pertinente que iniciemos um movimento em conjunto para barrar de vez a INSEGURANÇA JURÍDICA que a sociedade vive diante os consta…

Escândalo Geddel: Cais Estelita também corre perigo

Imagem
*Por Liana Cirne Lins,  professora da Faculdade de Direito do Recife da UFPE e  ex- advogada do Ocupe Estelita.
O Estelita aguarda a definição do IPHAN do pedido de tombamento da área do Cais ou sua liberação para um empreendimento imobiliário que agride e destrói a paisagem.
O IPHAN, órgão do Ministério da Cultura, está sob ataque de políticos e empreiteiras que tentam burlar pedidos de tombamento, passar por cima de gabaritos para construir empreendimentos imobiliários nas orlas brasileiras. Temer criou por Medida Provisória (MP), uma Secretaria Especial do Patrimônio para esvaziar o IPHAN, que ainda não foi estruturada, mas que pode tirar a autonomia do órgão. Calero X Geddel: ataque ao patrimônio histórico
O Brasil foi surpreendido com o escândalo da saída de Marcelo Calero do Ministério da Cultura, quando denunciou o Ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima de exercer pressão de modo “truculento e assertivo” para aprovar um projeto imobiliário que ofendia parâmetros téc…

PRISÃO DE CABRAL É PONTA DO ICEBERG: PELO MENOS MAIS 11 GOVERNADORES ESTÃO NA MIRA DA LAVA JATO POR OBRAS EM ESTÁDIOS

Imagem
Por HELENA BORGES, para The Intercept Brasil
A FOTO DO EX-GOVERNADOR Sérgio Cabral com a cabeça raspada e uniforme da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) após dar entrada no presídio de Bangu 8, no Rio de Janeiro, ficou entre as notícias mais lidas nos portais de informação do Brasil nesta sexta-feira, dia 18. Ela é motivo de preocupação para outros 11 ex-governadores: aqueles que estavam comandando os estados que receberam partidas da Copa do Mundo em 2014.
Cabral foi preso por chefiar um esquema de corrupção que desviou R$ 224 milhões dos cofres públicos. O dinheiro deveria ter sido gasto em obras financiadas pelo governo federal, entre elas a reforma do estádio Maracanã para a Copa do Mundo de 2014. As construções ou reformas dos 12 estádios, que custaram R$ 8,3 bilhões, foram feitas pelas mesmas empreiteiras investigadas na operação Lava-Jato.
Em alguns casos, investigações foram abertas pela Polícia Federal, ou assembleias estaduais e municipais começaram a to…