ANDERSON FERREIRA RECLAMA DE ROMBO, MAS NOMEIA INVESTIGADO PELA "CAIXA DE PANDORA" PARA CARGO COMISSIONADO EM SEU GOVERNO

Ricardo Valois (à esquerda) vice-prefeito de Jaboatão figura entre os investigados pela Operação "Caixa de Pandora" que apura Crimes contra a Administração Pública

Enquanto faz alarde de um suposto rombo de R$ 84 milhões que teria sido deixado pelo antecessor, o atual prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, do PR, que já tem o vice, Ricardo Valois, listado dentre os investigados pela Operação "Caixa de Pandora", da Polícia Civil de Pernambuco, por crimes contra a Administração Pública, nomeou, sem nenhum alarde, outro investigado, pela mesma Operação, pela prática dos crimes de "falsificação de documento público, peculato, abandono de cargo e associação criminosa", para o cargo de Gerente da Secretaria de Projetos Especiais. A nomeação de Williams Albino de Souza, que teve pedido de condução coercitiva e busca e apreensão pedido pela Polícia Civil no Processo nº 13603-34.2016.8.17.0810, deu-se por meio do Ato nº 269/2017, publicado no Diário Oficial do Município de Jaboatão, de 11/01/2017. Confiram:




Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio