COLUNA "MUNDO JURÍDICO": RENAN QUER EMPLACAR ADVOGADO DO PMDB COMO DESEMBARGADOR DO TRF5, REVELA JORNALISTA DA GLOBONEWS

Luciano Guimarães representou a Coligação "Pra Maceió Voltar a Crescer", encabeçada por Cícero Almeida, do PMDB nas eleições municipais de 2016, chegando a promover Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra a candidatura de Rui Palmeira do PSDB.
A jornalista Cristina Lobo, da GloboNews, revelou, ontem, que o senador Renan Calheiros, do PMDB, que responde a mais de dez inquéritos perante o Supremo Tribunal Federal, por diversos crimes, trabalha incessantemente para indicar mais um nome de Alagoas para compor o Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado no Recife (PE).

O apadrinhado de Calheiros seria o advogado eleitoralista alagoano Luciano Guimarães Mata, que recebeu apenas 8 votos para compor a lista tríplice na votação realizada entre os desembargadores federais do próprio Tribunal, mesma votação recebida pelo cearense Leonardo Henrique de Cavalcante Carvalho, enquanto a advogada pernambucana Silvana Rescigno Guerra Barreto recebeu 13 votos, ficando em primeiro na lista.

A vaga está prevista no Quinto Constitucional e é decorrente da nomeação de Marcelo Navarro Ribeiro Dantas para o cargo de ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A escolha final será feita por Michel Temer (PMDB).

Silvana é formada em Direito (1999) e pós-graduada em Direito Tributário (2001) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Também cursou o Programa Internacional de Treinamento em Administração Judiciária Norte-Americana pela Universidade da Georgia, EUA (2009). Ela é responsável pela área tributária e aduaneira do escritório Albuquerque Pinto advogados.

Já Mata é advogado desde 1995. Especialista em Direito Eleitoral, tendo atuado como advogado do PMDB, partido de Renan e Temer. Foi diretor da Escola Judiciária Eleitoral entre 2011 e 2014. Também foi desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do estado.

Carvalho cursou Direito (1999) e se especializou em Direito Processual Civil (2002) pela Universidade de Fortaleza, onde também é mestrando. É membro do Conselho Nacional do Ministério Público, indicado pelo Senado. Lá, preside a Comissão de Acompanhamento Legislativo e Jurisprudência. 

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Prefeito do Cabo, Lula Cabral, do PSB é denunciado pelo MPPE por "montar vasto esquema criminoso de fraudes em licitações" mediante comissão dirigida por "sua ex-namorada e sua cunhada"