EM BARREIROS, ELEIÇÃO PARA MESA DIRETORA DA CÂMARA VAI PARAR NA JUSTIÇA DEPOIS QUE INTERINO ANULA VOTOS DE ADVERSÁRIOS PARA GARANTIR PRÓPRIA ELEIÇÃO




A tradição de ter a sessão de posse e escolha da nova mesa diretora da Câmara dos Vereadores conduzida pelo vereador mais votado, que é respeitada em todas as Casas Legislativas do País causou sérios problemas na cidade de Barreiros, interior de Pernambuco.

É que o vereador José Idson Wanderley, do PP e aliado, mais conhecido na cidade como "Careca", teria anulado nada menos que dez dos 13 votos de seus colegas vereadores presente à sessão, como forma de garantir a própria eleição como presidente da Câmara de Vereadores de Barreiros. Careca é aliado do prefeito Elimário, do PDT.

É o que sustenta um mandado de segurança impetrado pelos vereadores Luciano Ferreira Gomes, Amaro Francisco da Silva, Wellington Aleixo de Almeida, Josenildo Lima da Silva e José Henrique da Silva Costa, que se sentiram prejudicados pela decisão do colega que teria encerrado a sessão abruptamente se autoproclamado vencedor com apenas três votos a seu favor.

Segundo alega o vereador Henrique Produções, do PSD, ouvido pelo blog e que atuou na eleição como escrutinador, até a cor da caneta utilizada na cédula de votação foi pretexto para que o presidente da sessão anulasse os votos dos colegas em benefício próprio, nulidade que, segundo afirma o vereador Henrique Produções, em hipótese nenhum tem previsão no Regimento da Câmara daquele Município.

O Blog teve acesso ao Mandado de Segurança nº 0000004-02.2017.8.17.2230 que tramita na Vara Única da Comarca de Barreiros, aguardando que o Juiz da Comarca de Gameleira vá despachá-lo, já que, segundo informações obtidas pelo Blog, Barreiros está sem juiz na Comarca.

Vejam a íntegra da petição inicial do mandado de segurança dos vereadores de Barreiros que está concluso aguardando pronunciamento judicial desde o dia 04 de janeiro:














Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

PAULO CÂMARA INSISTE EM EXPULSAR POLICIAIS MILITARES QUE DEFENDEM CATEGORIA, MAS PROTEGE CORONEIS DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO EM SEU GOVERNO INVESTIGADOS POR DESVIOS PARA CAMPANHAS DO PSB

"Jarbas Vasconcelos é um lambe-botas que escapou da Lava Jato pela prescrição", Artigo de FBC para a Folha de São Paulo desmonta falso moralismo de Jarbas e dá o tom do que será 2018

TULIO GADELHA DIVULGA CARTA REVELANDO REAIS MOTIVOS DE SUA EXONERAÇÃO DO ITERPE: "AJUSTE PARTIDÁRIO E ELEITOREIRO"