APÓS MORTE DE QUATRO INTERNOS, MPPE PEDE QUE JUSTIÇA INTERDITE CASE DE TIMBAÚBA

FOTO: TIMBAÚBA AGORA
O Ministério Público de Pernambuco, por intermédio do Promotor de Justiça João Elias da Silva Filho, ingressou com uma Ação Cautelar preparatória na 2º Vara da Fazenda Pública de Timbaúba, pedindo a interdição do CASE daquele Município pelo período necessário à realização de inspeções por equipe técnica, tendo em vista reiteradas ocorrências de rebeliões, fugas e até mortes de 4 menores internos em uma das rebeliões ocorridas naquela unidade, constatadas em Inquérito Civil Público instaurado no final do ano passado e amplamente divulgadas pela mídia (Leia AQUI e AQUI).


ACESSE A ÍNTEGRA DA INICIAL AQUI.

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Aos gritos de "tem roubo", alunos protestam contra a falta de Merenda durante visita de Paulo Câmara. Na Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio é notificado pelo MPPE para explicar denúncias do SIMPERE sobre irregularidades em contratos da Merenda

Empresa flagrada servindo comida podre para alunos das escolas públicas de Pernambuco promove assédio judicial contra Editora do blog da Noelia Brito na tentativa de intimidá-la e cessar denúncias do Blog contra malfeitos da empresa, também apontados pela Polícia Civil, pelo MPPE e pelo TCE/PE

Com Internacional lotado, petistas falam ao Blog com exclusividade sobre pré-candidatura de Marília Arraes. Para Ferro, o PT de verdade está com Marília Arraes, não é o PT que fica fazendo negociatas nos esgotos do Palácio