CACIQUES DO PSB BRINCAM EM FESTA CHEIA DE MORDOMIAS NO CERCADINHO DE EVENTOS PRIVADOS ENQUANTO O POVO ENFRENTA VIOLÊNCIA E SALÁRIOS ATRASADOS

FOTO 1

O Blog recebeu, durante o fim de semana, várias mensagens indignadas de leitores registrando a presença de caciques do PSB em áreas VIPs de eventos privados, enquanto o Estado está mergulhado em uma das maiores crises de que se tem notícia em sua Segurança Pública, tendo registros de arrastões, roubos e agressões de toda sorte nas prévias populares, em especial nas Virgens de Olinda (veja AQUI) onde essas mesmas autoridades não se atrevem a passar nem perto.

As imagens que mais chocaram a população foram as registradas no "cercadinho" do megaevento Olinda Beer, patrocinado pela Cervejaria Itaipava (leia ODEBRECHT TERIA PAGO PROPINA A POLÍTICOS ATRAVÉS DE OBRA DA FÁBRICA DA ITAIPAVA EM ITAPISSUMA) e promovido pela empresa Festa Cheira (Leia AS RESPOSTAS QUE FALTARAM NA NOTA CHEIA DE JUSTIFICATIVAS VAZIAS DE FELIPE CARRERAS, sobre patrocínios estatais à Festa Cheia), que tem entre seus sócios, ninguém menos que o secretário de Turismo e deputado federal licenciado, pelo PSB, Felipe Carreras. No evento, vários secretários estaduais aparecem num "self" com uma das atrações do evento (Foto 4), vestidos com a camisa azul, que diferencia os convidados VIPs, que foram convidados para "front stage" ou cercadinho (Foto 2).

Mas a foto que causou mais escândalo foi a do ex-prefeito de São Lourenço da Mata, Gino Albanês (Foto 3), que deixou a prefeitura do Município com três folhas de salários atrasadas e hospitais fechados, rindo abraçado com o prefeito do Recife, Geraldo Júlio e com o deputado Vinícius Labanca, daquele Município e ainda com o dono da festa, o secretário de Turismo, Felipe Carreras, todos do PSB, como se nenhuma responsabilidade tivesse com o caos deixado em São Lourenço.


Foto 2


Foto 3

Foto 4

Comentários

MAIS ACESSADAS DO MÊS

Paulo Câmara "homenageia" Dia do Orgulho LGBT+ com ação policial truculenta em região boêmia do Recife historicamente ocupada por bares e boate LGBT+ e já tem um "Stonewall" pra chamar de seu

PT já teria até escolhido marqueteiro da campanha de Marília Arraes

Ratatuille: ex-prefeito Vado da Farmácia e ex-secretário Paulinho Valério são alvos de processos criminais e por improbidade por contratos com Casa de Farinha e outras empresas no Cabo movidas pelo MPPE