Notícias




terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

COMO O PSB E A MÍDIA ALIADA SÃO BRILHANTES NA ARTE DE EMPATAR A SUA VISTA



Eu tenho essa dificuldade de me conformar com o óbvio, principalmente quando o óbvio, de tão óbvio, não faz nenhum sentido.

A apreensão, aparentemente estapafúrdia de fantasias de uma troça, pela PM de Pernambuco, causou um impressionante clamor público e ganhou as mídias locais e até algumas nacionais. De repente, não se falava mais no fracasso do Galo, nos altos índices de violência, nos homicídios ocorridos durante as “folias de Momo”, quando até um cadáver foi encontrado em plena Av. Conde da Boa Vista. Não! Só se fala na bisonha e injustificável apreensão de fantasias da Troça “Empatando a Tua Vista”, formada por pessoas de classe média e classe média alta da Capital pernambucana. A Troça é uma iniciativa de arquitetos, cineastas, jornalistas, professores universitários, enfim, pessoas ligadas ao ativismo contrário à verticalização da cidade fortalecido pelo Movimento “Ocupe Estelita”, que tem como principal foco, o empreendimento “Novo Recife”, que prevê a construção de torres no Cais José Estelita, pelas Construtoras Moura Dubeux, Queiroz Galvão, GL e ARA Empreendimentos, com o indisfarçável apoio da gestão do prefeito Geraldo Júlio.

O suposto motivo para a apreensão do material foi revelada pelo próprio prefeito em uma entrevista a uma rádio local, como sendo parte de uma corriqueira ação de controle urbano. A justificativa soa estranha, já que a apreensão de materiais para fins de Controle Urbano, embora corriqueira e possível, dispensando, inclusive, ordem judicial, por força da chamada autoexecutoriedade do poder de polícia das autoridades incumbidas legalmente dessa tarefa, é feita pelo Município, por meio da SEMOC (antiga DIRCON) e não pela Polícia Militar. Os fiscais da SEMOC têm poder de polícia para fazer esse tipo de apreensão se verificada alguma irregularidade (falta de licença, descumprimento de condições sanitárias, etc.). A PM somente participa da apreensão, presente a fiscalização municipal e se esta convoca o reforço policial por entendê-lo necessário à sua incolumidade. Portanto, é estranho que o prefeito, que já está no exercício do segundo mandato, portanto, conhecedor dos meandros da Administração e do Controle Urbano, que é um dos motes de sua gestão, afirme ser “normal” que a Polícia Militar tenha realizado uma ação que caberia aos órgãos municipais fazê-lo, acaso, repita-se, presentes as irregularidades justificadoras da ação fiscal.

Por seu turno, a mídia em geral, aí incluídos os veículos tradicionais como G1, JC, Diário de Pernambuco, Portal Brasil 247, este de esquerda e até o Antagonista, que é assumidamente da chamada direita, afirmam que a motivação da apreensão foi de cunho político, porque os foliões-ativistas da Troça estariam usando de máscaras do prefeito Geraldo Júlio e do governador Paulo Câmara e portando alegorias de prédios num protesto contra a verticalização da cidade. Um protesto que, a nosso sentir, não é em nada ofensivo ou escandaloso, de modo a causar tanto ódio em governantes, a ponto de levá-los a ações extremas, como a que se viu no dia do Galo da Madrugada.

Conforme já dissemos acima, a Troça, autodenominado "Empatando a Tua Vista" é formada por alguns ativistas contrários ao empreendimento Novo Recife. O empreendimento em questão não deve seguir adiante, pois a aquisição do terreno à REFFSA (armazéns e galpões a serem demolidos) onde deveria ser erguido, deu-se mediante um leilão fraudulento promovido pela Caixa Econômica Federal, já alvo de inquérito da Polícia Federal (leia AQUI). O interessante é que a própria CEF financiou a aquisição dos armazéns pelo leilão promovido por ela (leia CAIXA ECONÔMICA FINANCIOU ARMAZÉNS DO JOSÉ ESTELITA EM 60 MESES PARA QUE MOURA DUBEUX PUDESSE ARREMATAR PATRIMÔNIO DA UNIÃO e Você é sócio e credor da Moura Dubeux e nem sabia. Saiba como!) e recentemente a Construtora Moura Dubeux e seus sócios foram alvo de Delação Premiada de lobista ligado ao PMDB por pagamentos de propina para obter facilidades em outros negócios justamente com recursos da Caixa Econômica Federal (EXCLUSIVO: ASSISTA O VÍDEO EM QUE ALEXANDRE MARGOTTO DELATA MOURA DUBEUX AO MPF/DF POR CORRUPÇÃO NO CONE SUAPE).

Por que mandar apreender fantasias de uma Troça contra um empreendimento que o próprio governo e as próprias construtoras já sabem que não prosperará por causa das fraudes cometidas pelas empresas envolvidas nesse empreendimento? E qual o interesse da mídia tradicional em dar tanta repercussão a essa apreensão a ponto de um colunista do Jornal do Commercio, justamente o jornal mais crítico ao Movimento Ocupe Estelita, porque integrante do grupo JCPM que tem negócios com algumas das empreiteiras donas do Novo Recife, chegar ao ponto de exigir que o governador peça “desculpas” à Troça pela apreensão de suas fantasias e ainda chegar ao cúmulo de eleger a apreensão das fantasias como a principal polêmica do Carnaval do Recife (Leia AQUI). Por que não os 16 assaltos a ônibus ocorridos só na segunda-feira de Carnaval? Por que não o fracasso do Galo da Madrugada com um público minguado pela violência? Por que não o alto índice de homicídios - 47 apenas no final de semana de Carnaval? Por que não o fato de ter sido encontrado um cadáver em plena Conde da Boa Vista? Por que não as críticas do povo recifense ao Galo mais feio de todos os tempos? Por que não a entrega de espaços públicos para a exploração econômica de empresas de pessoas filiadas ao Partido do Prefeito e do Governador? Nada disso é relevante?

O nome disso, ensina-nos o linguista e cientista político Noam Chomsky, é "estratégia da distração". O nome disso é “administração de danos”. É claro que o enorme barulho causado pelos ativistas contra a verticalização e repercutido de maneira impressionantemente solidária por todos os veículos governistas que sempre foram ácidos críticos do Movimento contra a verticalização (até o Blog do Jamildo se mostrou indignado! Que coisa, não!?) “empatou a nossa vista” para o que realmente estava incomodando o governo, tanto municipal, quanto estadual, que eram as duras críticas à escalada da violência, à camarotização do Carnaval, ao fracasso do Galo pelo medo da violência e pela decepção com sua decoração e desrespeito com os artistas pernambucanos.


E ainda há quem se surpreenda com o fato do PSB conseguir se perpetuar no poder em Pernambuco e conseguir se reeleger, ano a ano, apesar de tantas denúncias, trelas e tretas. Não subestimem jamais a capacidade de manipulação desses senhores, eu não os subestimo. Mas algumas pessoas parecem que se superestimam.

8 comentários:

  1. Contra os fatos apresentados, não há argumentos, Dra Noélia Brito.
    Parabéns!
    Excelente artigo, esclarecedor demais até, para toda a sociedade planetária...

    ResponderExcluir
  2. q blog de bosta! deve ser esquerdopata e PTralha

    ResponderExcluir
  3. Noélia sempre suscinta, argumentativa e o melhor "provabilistica", parabéns! Sobre o comentário do Dubeux acima, precisa nem dizer a quem ele representa.

    ResponderExcluir
  4. Noélia, presumo que vc deve ser procuradora concursada da PCR. Logo, possui independência financeira ( salário + vantagens dos burocratas jurídicos da municipalidade são altíssimos !). Seu texto não compromete a Inculta & Bela. Por que, então, tornar-se instrumento d'uma esquerdalha chafurdenta como essa vigente neste Patropi estuprado pelos comunolarápios de LUla da Silva e sua caterva amestrada ?

    ResponderExcluir
  5. Dra Noélia Brito. Parabéns! A burquesia fede - não só moralmente, mas fisicamente.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.