Notícias




terça-feira, 14 de março de 2017

"BEIJA-MÃO": ALIADO DE PAULO CÂMARA E GERALDO JÚLIO, TADEU ALENCAR, DO PSB, PRESTIGIA FILIAÇÃO DE PAULO RUBEM AO PSOL DE PERNAMBUCO



Um dos mais importantes aliados do prefeito Geraldo Júlio e do governador Paulo Câmara, o deputado federal Tadeu Alencar, do PSB, foi das presenças mais festejadas na filiação do ex-candidato a vice-governador na chapa do senador Armando Monteiro (PTB), Paulo Rubem Santiago (ex-PDT) ao PSOL, ocorrida, ontem, na Câmara de Vereadores do Recife. Em seu discurso, o mais novo pessolista, Paulo Rubem Santiago, chega a dizer que cumprimenta "de forma muito carinhosa o deputado Tadeu Alencar" (v. vídeo obtido pelo Blog, com exclusividade):






OPOSIÇÃO MASCARADA? Vereador usa máscara
do prefeito Geraldo Júlio na Tribuna da Câmara para
criticar ação policial, mas confraterniza com aliado
investigado em mesmo Inquérito que
o prefeito e o governador
Não fosse o fato do PSOL, por intermédio de seus parlamentares, o vereador Ivan Moraes e o deputado estadual Edilson Silva, declararem-se como oposição ferrenha, tanto a Geraldo Júlio, quanto a Paulo Câmara, o fato não causaria tanta surpresa, já que o PSOL, na Câmara Federal, é bastante alinhado com a bancada do PSB e do Rede Sustentabilidade,  Partido com o qual o PSB se coligou, primeiro para lançar Eduardo Campos à presidência e, com o falecimento deste, para apoiar Marina Silva, chegando a recepcionar pelo menos dois deputados do PSB em suas fileiras, Erundina e Glauber Braga.


Paulo Rubem foi candidato a vice-governador, pelo PDT, na chapa encabeçada pelo senador e ex-presidente da CNI, Armando Monteiro, do PTB, em 2014

Ocorre, porém, que Tadeu Alencar não é um aliado qualquer daqueles a quem o PSOL de Pernambuco alega fazer oposição. Tadeu Alencar é aquele a quem Paulo Câmara e Geraldo Júlio atribuíram a missão de representar o PSB de Pernambuco na liderança do Partido na Câmara dos Deputados, ou seja, representar justamente a força política que tem levado Pernambuco ao caos político-administrativo que conhecemos tão bem (Leia AQUI).


Tadeu Alencar representa, portanto, o PSB de Paulo Câmara e de Geraldo Júlio e era esse PSB que estava prestigiando o PSOL em um ato que contou com nada menos que três deputados federais da legenda: Ivan Valente, Edmilson Rodrigues e Chico Alencar. Com o vereador e o deputado estadual do Psol em Pernambuco, Ivan Moraes e Edilson Silva e os presidentes estadual e municipal, Albanise Pires e Severino Biu, que tomava posse naquele ato.

Em entrevista ao Jornal do Commercio, Chico Alencar classificou Paulo Rubem como o "Neymar do Psol" - Foto: Divulgação/assessoria PSOL
Em recente polêmica, Chico Alencar teve que se retratar por elogios feitos a Michel Temer e a Aécio Neves, durante jantar de aniversário do jornalista Ricardo Noblat, de "O Globo", no Blog do qual tem uma coluna (Leia AQUI). 

Para além disso, Tadeu Alencar é companheiro de Paulo Câmara, Geraldo Júlio e de Fernando Bezerra Coelho na condição de investigado no Inquérito nº 4292, que tramita no Supremo Tribunal Federal, oriundo da Operação "Fair Play" e que investiga, segundo relatórios da Polícia Federal, esquemas de corrupção envolvendo agentes públicos para favorecer a Construtora Odebrecht na licitação e contratação da PPP da Arena Pernambuco (Leia AQUI:"O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o prosseguimento de um inquérito aberto para investigar o governador de Pernambuco, Paulo Câmara; o prefeito de Recife, Geraldo Júlio; o senador Fernando Bezerra Coelho; e o deputado Tadeu Alencar. Todos são do PSB. Janot quer que os quatro sejam investigados pela suspeita de participação no suposto superfaturamento na construção do estádio Arena Pernambuco, pela Odebrechet, para a Copa do Mundo de 2014. As informações foram divulgadas pela revista "IstoÉ" e confirmadas pela TV Globo."AQUI).

Mas para o PSOL, nada disso "vem ao caso".

3 comentários:

  1. Edilson e Albânise.
    Não foi nesse PSOL, que Eu me filiei...
    Vou para o PSTU...

    ResponderExcluir
  2. Edilson e Albânise.
    Não foi nesse PSOL, que Eu me filiei...
    Vou para o PSTU...

    ResponderExcluir
  3. A política partidária precisa de coerência para que haja credibilidade e evite decepções.Paulo Rubem é um grande político! Ivan Moraes, também é um grande político e jornalista! Mas não precisavam fazer isso! Quanto ao PSol é mais um exemplo de partido que, cada vez mais, fala muito e faz pouco! É o famoso faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço! E o cidadão cada vez mais se guia por suas convicções humanas e políticas e não por atitude partidária. Já está na hora de se questionar o Sistema e não se adequar e nem aceitar o próprio Sistema! VALE A REFLEXÃO E A TORCIDA PELA COERÊNCIA TAMBÉM NA POLÍTICA! RECONHECER ERROS E NÃO FAZÊ-LOS NOVAMENTE TAMBÉM É UMA VIRTUDE E MAIS UMA PROVA DE CIDADANIA! Opinião de Eduardo Maia, jornalista (DRT-PE: 3.444) (https://www.facebook.com/groups/493394510830588/?ref=ts&fref=ts)

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.