Notícias




quinta-feira, 30 de março de 2017

MILTON COELHO FOI AO MPT DEFENDER PROJETO QUE CONSIDERAVA "NEGÓCIO JÁ AFUNDADO", REVELAM DOCUMENTOS DA EXECUÇÃO MOVIDA PELO BNB CONTRA ADVANCE



ITAQUITINGA

Notícia publicada pela Secretaria de Governo do Estado de Pernambuco, em seu site oficial, no dia 31 de janeiro de 2013, às 18:35, revela que o então secretário de Governo, Milton Coelho, em reunião realizada naquele mesmo dia, no Ministério Público do Trabalho, com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção (Marreta), informou àquela entidade sindical, na presença de representantes do MPT, sobre as mudanças na PPP de Itaquitinga. Segundo a matéria da Secretaria de Governo, o secretário foi ali informar que a empresa DAG Construções Ltda. estaria, naquele momento, assumindo 95% do controle acionário da Advance Construções e Participações e do Consórcio Reintegra Brasil S/A para sanear a Advance e quitar as dívidas com fornecedores e assumindo os direitos trabalhistas com os empregados. A retomada da obra se daria até o fim de março e o fim da obra em até 90 dias de sua retomada. Leiam:


A publicação foi localizada por nosso Blog em uma das execuções milionárias que o Banco do Nordeste do Brasil move contra a Advance, na 1ª Vara de Execução de Títulos Extrajudiciais da Capital, em razão da liberação de empréstimos do banco público para a PPP de Itaquitinga, cuja obra jamais foi concluída. Conforme nosso Blog revelou recentemente, mais de R$ 300 milhões em empréstimos do Banco do Nordeste do Brasil foram liberados para esse verdadeiro "elefante branco" do governo de Pernambuco, que contou, ainda, com um "pepino" de R$ 100 milhões, "emprestados" pela Odebrecht, como uma espécie de "cheque especial" ao governo, autorizado pessoalmente por Marcelo Odebrecht (Leia AQUI).

O que chama atenção nessa matéria do Governo de Pernambuco é o fato do então secretário de Governo, Milton Coelho, ter feito tais declarações aos representantes dos trabalhadores de Itaquitinca e ao Ministério Público do Trabalho, quando ele mesmo, numa reunião gravada pelo dono da Advance, o empresário Eduardo Fialho, revelada, com exclusividade, por nosso Blog (Acesse a degravação AQUI) chamou a PPP de Itaquitinga de "negócio já afundado".


Diante da gravidade da situação prisional de Pernambuco e da promiscuidade entre empresários, inclusive delatores da Lava Jato e membros do governo anterior e atual, revelados à exaustão por matérias documentadas no nosso Blog, é de se estranhar o silêncio na mídia local e da oposição, que até hoje não propôs uma CPI para  a escandalosa PPP de Itaquitinga, que até a Polícia Federal do Ceará já investiga por causa do milionários empréstimos não pagos dados pelo BNB.

Um comentário:

  1. Começou o efeito dominó...
    P$B = Partido $órdido Brasileiro...
    Vai cair os Barões de PERNAMBUCO...

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.