DELATOR ENTREGOU DOCUMENTO APONTANDO QUE GERALDO JÚLIO RECEBEU R$ 500 MIL DA ODEBRECHT, AFIRMA JANOT.




A Petição 6706, onde o esquema de corrupção envolvendo a empresa DAG, apontada como laranja da Odebrecht, em vários negócios, inclusive na PPP para construção do CIR de Itaquitinga e o Consórcio Advance/Socializa foram revelados em delações de Marcelo Odebrecht e por executivos, como Antônio Pacífico e Luiz Eduardo da Rocha Soares, revela que esse delator entregou aos investigadores um documento comprovando que o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, à época candidato, pelo PSB, ao cargo, teria recebido R$ 500 mil da empreiteira. 


A afirmação é feita pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, que assina a petição e que afirma que com relação a esses fatos não há menção a crimes, em tese, cometidos por detentores de foro por prerrogativa de função, perante o Supremo Tribunal Federal, de modo que, segundo Janot, a competência para o processamento dos crimes, em tese ali descritos, seria da Justiça Federal de Pernambuco.

Janot afirma, em sua petição, que o delator teria fornecido documento comprovando a entrega de R$ 500 mil a Geraldo Júlio, observe-se que sequer há menção de que tal entrega foi a interposta pessoa, mas que teria sido feita ao próprio Geraldo Júlio. Ademais, Geraldo Júlio era secretário de Desenvolvimento Econômico de Eduardo Campos e presidente de SUAPE, mesmo cargo que fora ocupado por Fernando Bezerra Coelho, seu antecessor, cargo que só deixou de ocupar para ser candidato à Prefeitura do Recife.

Claro está que será um verdadeiro escândalo se não for aberto nenhum inquérito no TRF5, contra Geraldo Júlio, que foi, sim, delatado e ainda com apresentação de documento comprobatório, segundo o próprio Rodrigo Janot, de recebimento de recursos da empreiteira baiana.

O caso de Itaquitinga é um dos mais escandalosos que vieram à tona com as delações da Odebrecht, pois já se sabe que para que o Banco do Nordeste do Brasil liberasse um empréstimo de R$ 350 milhões ao Consórcio Advance/Socializa, em sua integralidade, um secretário do Governo Eduardo Campos forneceu uma Cetdidão falsa atestando a conclusão da obra, jamais concluída. O nome desse secretário ainda continua uma incógnita (Leia AQUI).

Além disso, passadas apenas 48 horas da liberação fraudulenta do empréstimo para as obras de Itaquitinga, os sócios do Consórcio Advance/Socializa distribuíram R$ 90 milhões dos R$ 350 milhões entre si, como se fossem dividendos, segundo os delatores.

Assista AQUI trecho da delação premiada de Luiz Eduardo Soares da Rocha onde ele narra como funcionava o chamado Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht e como a Itaipava e a DAG eram utilizadas como "laranjas" para pagamentos de "Caixa dois", pela Odebrecht.






Comentários

  1. De onde veio todo o dinheiro que elegeu e reelegeu todos os 5.570 prefeitos,513 deputados federais,81 senadores,mais de 1.400 deputados estaduais,mais de 66 mil vereadores e de todos os ex-presidentes do Brasil desde 1989?

    Das prefeituras e dos governos estaduais e do governo federal? Não .Nenhum deles pode financiar nem a deles próprios imagine a dos outros.

    E de onde vieram os milhões e os bilhões durante todo esse tempo? Dos empresários, das empreiteiras,dos bancos e das firmas.E por que eles e elas doaram tanto dinheiro? Porque a LEGISLAÇÃO ELEITORAL do Brasil disse que tudo foi legal.Tanto que é todos os candidatos foram eleitos,diplomados e tomaram posse.

    Como explicar agora que o TSE via seu presidente Gilmar Mendes e seus subordinados vem dizer que foi ilegal? Como explicar que o Aécio Neves depois de derrotado nas urnas usando as mesmas moedas e os mesmos esquemas de captação de recursos entra no TSE pedindo a anulação da eleição de Dilma e Temer?

    De onde veio o dinheiro para eleger e reeleger todos os ex-governadores de Pernambuco de 1989 até hoje? Das mesmas empresas e empreiteiras,dos mesmos bancos e firmas.Tudo legal conforme aprovação de todas as prestações de contas pelos tribunais regionais eleitorais.

    Este é o dilema da política brasileira.Agora,por que o PMDB do Eduardo Cunha com o PSDB e DEM e PPS e seus parceiros aprovaram uma PEC do Eduardo Cunha LEGALIZANDO TODAS as doações empresariais? Por que o Senado do Renan Calheiros votou contra a legalização por 36 x 31? Por que o Supremo Tribunal Federal contra as doações empresariais por 8 x 3 ? Com as duas decisões favoráveis ao VETO a Dilma simplesmente VETOU.Para mim esse foi o maior motivo que fez o Michel Temer e Eduardo Cunha reunirem 367 Deputados Federais para aplicar um impeachment contra a presidente Dilma.0 presidente hoje paga muito caro por ter sido Presidente do PMDB por 15 anos e conhece tudo sobre doações empresariais aos partidos e aos políticos.É uma raposa velha que conhece o galinheiro!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

MAIS ACESSADAS DO MÊS

MPPE instaura inquérito para investigar HAPVIDA. Denúncia partiu do SIMEPE

Passados 12 anos do "escândalo da Sacolinha, Milton Coelho volta a ser alvo de investigação criminal, desta vez por apropriação de recursos públicos

Assediador de mulher russa foi preso na Operação Paradise da Polícia Federal que desarticulou organização criminosa que fraudava licitações em governo do PSB em Araripina, município de Pernambuco