Notícias




terça-feira, 25 de abril de 2017

TRT DE PERNAMBUCO ADERE AO GOLPE E MANDA CORTAR PONTO DE SERVIDORES QUE PARTICIPAREM DA PARALISAÇÃO NACIONAL CONTRA A RETIRADA DE DIREITOS DOS TRABALHADORES




Enquanto a Ordem dos Advogados do Brasil, o Ministério Público do Trabalho, a Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho e até Tribunais do Trabalho, a exemplo do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia, já manifestam total repúdio as chamadas reformas trabalhista e previdenciária que descaradamente e sob a batuta de políticos delatados e indiciados por corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, tentam subtrair direitos e garantias historicamente conquistados pela classe trabalhadora e por servidores públicos, o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, sediado em Pernambuco, deixa claro seu apoio a tais reformas ao expedir ofício assinado por seu presidente, o desembargador do Trabalho Ivan de Souza Valença Alves, mandando "cortar o ponto" de todos os servidores do Tribunal que participarem da paralisação nacional agendada para o próximo dia 28 de abril, onde as mais diversas categorias, tanto da iniciativa privada, quanto do serviço público, já anunciaram participação.

ACESSE AQUI A NOTA CONJUNTA CONTRA A REFORMA

No despacho assinado pelo desembargador Ivan Valença, expedido em visível tom raivoso, é determinado a todas as unidades administrativas e judiciárias do Tribunal que "se houver adesão de servidor à paralisação no dia 28 de abril, registre-se a ocorrência no livro de controle de ponto, encaminhando, oportunamente, a referida anotação na frequência do mês."

A postura ditatorial da presidência do TRT de Pernambuco, que busca intimidar seus próprios servidores na luta por direitos que estão sendo vilipendiados pelos corruptos delatados na Lava Jato, em nada condiz com o que se espera de uma Corte de Justiça, ainda mais em se tratando de uma instituição que foi criada para que os direitos de Trabalhadores fossem defendidos, a ponto de ser chamada de "Justiça dos Hipossuficientes".

Para se ter uma ideia do absurdo da iniciativa da presidência do TRT de Pernambuco, um dos Estados, aliás,  mais enrolados nas delações da Odebrecht, a ponto do delatado Aldo Guedes, ex-presidente da estatal Copergas, ter sido denunciado por pedir R$ 90 milhões à empreiteira Odebrecht para que esta não tivesse problemas com os direitos trabalhistas dos 50 mil trabalhadores da construção civil, em SUAPE, nas obras de Abreu e Lima (Leia AQUI), o TRT da Bahia decidiu, em reunião do Pleno daquele Tribunal, mandou suspender o expediente daquela Corte no dia 28, em respeito à mobilização nacional e a decisão foi unânime.


Em Pernambuco, as seguintes Centrais e categorias já conformaram presença na Mobilização do dia 28, em defesa dos Direitos Trabalhistas e Previdenciários:

CUT, CTB, CSP Conlutas, UGT, Força Sindical, Nova Central e Intersindical, com apoio das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo
Rodoviários
Metroviários
Aeroportuários
Aeronautas
Metalúrgicos
Bancários
Polícia Civil
Servidores da Assembleia Legislativa de Pernambuco
Professores da UPE
Professores da Universidade Federal de Pernambuco
Trabalhadores da Previdência Social
Professores da rede municipal do Recife
Trabalhadores dos Correios
Petroleiros
Servidores Municipais do Paulista
Servidores Administrativos Fazendários
Servidores da Universidade de Pernambuco
Servidores do Poder Judiciário
Guardas Municipais do Recife
Trabalhadores em Processamento de Dados das empresas federais, estaduais, municipais e de empresas privadas
Trabalhadores Químicos
Trabalhadores de Estabelecimentos de Ensino da Rede privada
Trabalhadores Portuários
Professores de Jaboatão dos Guararapes
Trabalhadores em Educação de Pernambuco
Servidores Municipais do Recife
Enfermeiros Servidores Federais
Servidores estaduais da administração direta e indireta
Agentes Comunitários do Recife
Assistentes Sociais
Psicólogos
Farmacêuticos
Odontologistas
Fisioterapeutas
Terapeutas Ocupacionais
Agentes de Segurança Penitenciária e Servidores do Sistema Penitenciário
Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco
Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal
Associação dos Profissionais de Educação Física
Trabalhadores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária
Trabalhadores da Construção Pesada
Trabalhadores em Asseio e Conservação
Condutores de Ambulância de Pernambuco
Sindicato dos Porteiros
Vários servidores públicos municipais, como por exemplo, de Buíque, São Bento do Uma, Bezerros, Abreu e Lima, Riacho das Almas, Iato, Exu, São Vicente Férrer, Tacaimbó. Tupanatinga, Sertânia, Moreno, Gravatá.

Quinta-feira, dia 27, será realizada uma coletiva de imprensa, às 10h, na sede da Nova Central, rua do Riachuelo, 105. Ed. Circulo, 5º andar, sala 505, na Boa Vista. 
Sexta-feira, dia 28, ato público seguindo de caminhada. Concentração, a partir das 14h, na Praça da Democracia Derby/Recife.

Um comentário:

  1. Que absurdo, simplesmente um verdadeiro crime lesa-pátria, o órgão que deveria defender os direitos de todos os trabalhador@s compactua descaradamente com o golpe contra os trabalhado@s.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.