Notícias




quarta-feira, 31 de maio de 2017

Aliados àqueles que "agrediram política e moralmente à figura pública de Miguel Arraes", PSB e governador de Pernambuco devem cessar uso indevido da imagem e do nome do ex-governador em sua propagando política, notifica IMA


Em nota assinada pelo presidente de seu Conselho Deliberativo, o advogado Antônio Campos, o Instituto Miguel Arraes - IMA, detentor do acervo, imagem e do nome de Miguel Arraes, conforme registro no INPI, informa que vai notificar tanto o PSB, quanto o governador Paulo Câmara para que cessem a utilização do nome e da imagem do ex-governador de Pernambuco em sua propaganda partidária, que está sendo veiculada na televisão.

De acordo com a Notificação, a que o Blog teve acesso, o nome de Miguel Arraes "é citado dentro de um contexto de continuidade política e não uma citação como homem público, que pertence a todos os pernambucanos, não se enxergando legitimidade para tanto". Segundo o IMA, não "houve prévia autorização para a utilização da imagem do ex-governador Miguel Arraes". O Instituto Miguel Arraes também adverte ao governador Paulo Câmara, na notificação a este endereçada, "que forças expressivas e preferenciais do seu governo, foram as forças que mais agrediram política e moralmente a figura pública de Miguel Arraes de Alencar, que não passou as mãos nas cabeças dos seus adversários agressores, forças essas é que deveriam estar em sua propaganda partidária."

Leiam a íntegra da Nota e da Notificação:

Nota 

O Instituto Miguel Arraes – IMA, detentor do acervo, imagem e o nome de Miguel Arraes, cedidos em inventário ao Instituto, devidamente registrados no INPI, inclusive como marcas, cuja uma das suas missões é de preservar a sua imagem e história, vem a público informar que estará notificando o Governador Paulo Câmara e o PSB estadual para fazer cessar a utilização do nome e imagem do ex-governador Miguel Arraes na propaganda partidária, que está sendo veiculada na televisão, que é citado dentro de um contexto de continuidade política por Paulo Câmara e não uma citação como homem público, que pertence a todos os pernambucanos, pois não enxergamos legitimidade para tanto, nem houve prévia autorização para a utilização da imagem do ex-governador Miguel Arraes. Recife, 30 de maio de 2017 
Instituto Miguel Arraes – IMA 
Antônio Campos 
Presidente do Conselho Deliberativo


Recife, 30 de maio de 2017 
Exmo Sr. Governador do Estado de Pernambuco Paulo Câmara Referência: Notificação para cessação imediata do uso da imagem e nome do ex-governador Miguel Arraes dentro do conceito de continuidade / pertencimento 

O Instituto Miguel Arraes – IMA, detentor do acervo, imagem e o nome de Miguel Arraes, cedidos no inventário ao Instituto, devidamente registrados no INPI, inclusive como marcas, sendo uma das suas missões a de preservar sua imagem, história e coerência política, vem notificar Vossa Exa. e o PSB do Estado de Pernambuco para fazer cessar a utilização do nome e imagem do ex-governador Miguel Arraes, na propaganda partidária do PSB, que está sendo veiculada na televisão, que é citado dentro de um contexto de continuidade política e não uma citação como homem público, que pertence a todos os pernambucanos, não se enxergando legitimidade para tanto, nem houve prévia autorização para a utilização da imagem do ex- governador Miguel Arraes. É de se relembrar e registrar, ainda, que forças expressivas e preferenciais do seu governo, foram as forças que mais agrediram política e moralmente a figura pública de Miguel Arraes de Alencar, que não passou as mãos nas cabeças dos seus adversários agressores, forças essas é que deveriam estar em sua propaganda partidária. 

Cordialmente, 

Instituto Miguel Arraes – IMA 

Antônio Campos 
Presidente do Conselho Deliberativo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Siga o Blog por Email

Twitter Updates 2.2: FeedWitter

Seguidores

Vídeos

BoxVideos1

BoxVideos2

Noelia Brito © 2016 Todos os direitos reservados.